Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imóveis dos bancos para venda avaliados em 8.000 milhões de euros

Gtres
Gtres
Autor: Redação

No final de 2014, a banca tinha em carteira para venda ativos imobiliários no valor de cerca de 8.000 milhões de euros (bruto de imparidades), bem mais que os cerca de 800 milhões de euros verificados no final de 2007. Estes ativos correspondiam a 1,9% do ativo total no final de 2014 (0,2% em 2007).

Em causa estão dados que constam do Relatório de Estabilidade Financeira divulgado terça-feira pelo Banco de Portugal (BdP), que considera que a forte exposição das instituições financeiras ao negócio imobiliário é um dos fatores atuais de risco do setor.

Segundo o Público, que se apoia nos referidos dados, o regulador entende que deve haver um claro esforço dos bancos para reduzir o peso desta rubrica no seu balanço, aproveitando “a recuperação observada nas condições do mercado imobiliário”.

O crescimento da carteira de casas detidas pelos bancos está associado à crise económica e financeira, que levou a que muitas famílias não conseguissem pagar a prestação ao banco, escreve a publicação.