Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Imóveis de bancos

Últimas notícias sobre "Imóveis de bancos" publicadas em idealista.pt/news

BCP vende edifício histórico na Covilhã por 1,2 milhões

O Millennium bcp está a vender um imóvel histórico na Covilhã por 1,2 milhões de euros. O emblemático edifício Garagem de São João, como é conhecido, tem 4.200 m2.

Notícia sobre:

Imóveis de bancos: BCP vende armazém em Palmela (são mais de 26.000 m2) por 4,1 milhões

O Millennium BCP está a vender um armazém industrial localizado na Quinta do Anjo, em Palmela (Setúbal), por 4.135.000 euros. Em causa está uma propriedade com mais de 26.000 metros quadrados (m2). 

Notícia sobre:

Imóveis de bancos: BCP vende Herdade da Almeida Velha (são 70 hectares) por 2,7 milhões

O Millennium bcp está a vender a Herdade da Almeida Velha, uma propriedade com 70 hectares localizada junto à Albufeira da Barragem do Caia, na região de Elvas, distrito de Portalegre, por 2,7 milhões de euros. 

Notícia sobre:

BCP vende edifício de escritórios no Porto por 2,5 milhões – e analisa propostas até dia 18 de junho

O Millennium bcp está a vender um edifício emblemático de escritórios do banco no Porto, na Rua Marechal Saldanha 512, por 2,5 milhões de euros. Trata-se de um imóvel com dois pisos acima do solo, cave, sótão e cobertura que tem, no total, 1.330 metros quadrados (m2) de Área Bruta Privativa afeta a serviços, aos quais acresce um espaço exterior ajardinado com 495 m2, com excelentes condições para área social. 

Notícia sobre:

Imóveis do Novo Banco: empresário que vendeu sociedades ao Anchorage rejeita ligações ao fundo

António João Barão, empresário que vendeu cinco sociedades imobiliárias a uma empresa do Luxemburgo através da qual o fundo Anchorage adquiriu ao Novo Banco (NB) uma carteira de imóveis por 364 milhões de euros, o projeto Viriato, disse que “não sabia a quem é que ia vender” as referidas sociedades. 

Notícia sobre:

Caixa Geral de Depósitos liberta-se de quase 380 milhões de euros em imóveis

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) libertou-se de quase 380 milhões de euros em imóveis detidos para venda ao longo dos últimos quatro anos: entre 2016 e 2020. Este era um dos objetivos no âmbito do plano de reestruturação imposto por Bruxelas ao banco do Estado.

Notícia sobre:

Novo Banco vende mais de 1.700 milhões de euros em imóveis em quatro anos

O Novo Banco tinha uma carteira imobiliária no valor de 2.670 milhões de euros, em termos líquidos, em dezembro de 2016, mas libertou-se de cerca de 1.700 milhões de euros entretanto, ou seja, até final de 2020, período durante o qual implementou um plano de reestruturação, imposto pelas autoridades europeias. 

Notícia sobre:

BPI “livra-se” de crédito malparado: vende carteira de 300 milhões ao fundo LX Partners

Os bancos portugueses têm vindo, nos últimos anos, a “desfazer-se” do crédito malparado (Non-Performing Loans, NPL, na sigla inglesa) que consta nos seus ‘stocks’. O BPI, por exemplo, vendeu, na semana passada, o chamado projeto Lime ao fundo LX Partners por 300 milhões de euros.

Notícia sobre:

Novo Banco: carteira de malparado vendida avaliada (afinal) em 35 milhões

O Novo Banco já veio esclarecer que a carteira de crédito malparado que vendeu estava avaliada nas contas da instituição (afinal) em 35 milhões de euros. “O Novo Banco esclarece que a carteira de crédito malparado (NPL) está avaliada nas contas do banco por cerca de 35 milhões de euros, valor marginalmente inferior aos 37 milhões de euros da venda reportados ao mercado, com o respetivo impacto positivo nos resultados e no capital”, adiantou fonte oficial do Novo Banco à Lusa.

Notícia sobre: