Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação: taxa de juro em mínimos de cinco anos

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Os portugueses que pediram crédito à habitação em abril beneficiaram das melhores condições de financiamento dos últimos cinco anos. Segundo dados do Banco Central Europeu (BCE), a taxa de juro média dos novos empréstimos para a compra de casa fixou-se, em média, nos 2,41%.

De acordo com o Diário Económico, seria necessário recuar até ao início do verão de 2010 para assistir a um patamar de juros tão baixo. Uma queda que se deve em parte à descida das taxas Euribor mas sobretudo devido ao corte dos spreads.

O spread praticado pelos bancos nacionais em abril ter-se-á fixado, em média, nos 2,35%. Desde julho de 2011 que o preço cobrado pela banca para financiar a compra de casa não estava tão baixo. Entre março e abril deste ano, o spread médio cobrado encurtou cerca de 30 pontos base, o que representa o corte mensal mais dilatado pelo menos desde o início de 2008, escreve a publicação.

A guerra dos spreads na banca esteve ao rubro em abril, com cinco bancos a rever em baixa a sua margem mínima. Após terem conseguido diminuir o rácio de crédito sobre depósitos, os bancos estão agora a alargar um pouco os critérios apertados na concessão de crédito à habitação. Uma garantia, de resto, dada pelo BdP.