Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação: juros voltam a descer em agosto (estão em queda há 12 meses)

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Os bancos parecem estar cada vez mais disponíveis para emprestar dinheiro para a compra de casa. Um cenário que tem ganho força nos últimos meses. Segundo dados revelados esta semana pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de juro implícita no crédito à habitação diminuiu 0,015% em agosto face a julho, fixando-se em 1,242%. Está em queda há 12 meses.

“Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro implícita situou-se em 2,331% em agosto, diminiundo 0.122% face ao mês anterior”, refere o INE.

No que diz respeito ao “financimento para Aquisição de Habitação, o mais relevante no crédito à habitação, a taxa de juro implícita no conjunto de contratos registou um decréscimo de 0,014%” face a julho, situando-se agora em 1,250%.

Também o valor médio da prestação da casa está em queda, tendo diminuido um euro, para 240 euros. Se forem tidos em consideração apenas os contratos celebrados nos últimos três meses, o valor médio da prestação registado em agosto foi de 309 euros, menos dois euros que em julho (311 euros).

Já o montante de capital médio em dívida para a totalidade dos contratos de crédito à habitação diminuiu 68 euros face ao valor observado em julho, tendo-se fixado em 52.444 euros.