Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação: prestação volta a descer em fevereiro

Gtres
Gtres
Autor: Redação

A prestação a pagar ao banco pelo empréstimo concedido para a compra de casa tem vindo a cair nos últimos tempos, o que tem funcionado como que um balão de oxigénio para muitos portugueses. E a tendência deve manter-se, já que quem revir a taxa de juro do crédito à habitação em fevereiro vai ver a mensalidade descer: a diminuição deverá variar entre 1,3% e 3,5%.

Segundo as contas do Diário Económico, as maiores quedas na prestação irão sentir-se nos financiamentos que tenham como referência a Euribor a 12 meses. Neste caso, e perante um cenário de um crédito de 100.000 euros a 30 anos e com um “spread” de 1%, a prestação cai 3,5%, cerca de 11,8 euros, para 323,71 euros.

No caso dos contratos indexados à Euribor a seis meses, a mais usada em Portugal, a redução na prestação será menor, cerca de 1,5%. Ou seja, a mensalidade vai descer 4,92 euros, para 318,98 euros.

Já nos empréstimos indexados à Euribor a três meses, a poupança esperada será de 1,3% (4,1 euros), com a nova prestação a fixar-se em 315,07 euros.

De referir que os três indexantes encontram-se em mínimos históricos e a expetativa é de que assim se mantenham por algum tempo, tendo em conta que não é esperada uma alteração da política monetária por parte do Banco Central Europeu (BCE), escreve a publicação.