Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação em queda: bancos “só” emprestaram 810 milhões em agosto

Autor: Redação

Os bancos concederam 810 milhões de euros para a compra de casa em agosto, menos que os 919 milhões emprestados no mês anterior – em julho também se registou um recuo face a junho –, mas mais 100 milhões que o valor financiado no período homólogo, segundo dados do Banco de Portugal (BdP).

“Nas novas operações de crédito a particulares para habitação, a taxa de juro média aumentou 1 pb, para 1,36% (...). Os volumes de novas operações para habitação, consumo e outros fins totalizaram, respetivamente, 810 milhões de euros, 404 milhões de euros e 136 milhões de euros”, conclui o supervisor.

De recordar que os limites à concessão de novo crédito à habitação recomendados pelo BdP entraram em vigor em julho, o que poderá justificar o facto das novas operações estarem a diminuir há dois meses consecutivos. 

Ainda assim, e de acordo com o Jornal de Negócios, entre janeiro e agosto, foram emprestados 6.503 milhões de euros, mais 24,8% que no período homólogo. Trata-se do montante mais elevado desde os primeiros oito meses de 2010, quando foram concedidos 6.992 milhões de euros. E mais: em oito meses, os bancos emprestaram mais dinheiro para a compra de casa do que em todo o ano de 2016 e de 2015: 5.790 milhões de euros e 4.013 milhões de euros, respetivamente.