Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Como poupar nos seguros multirriscos da casa

Alvaro de la Rica on Unsplash
Alvaro de la Rica on Unsplash
Autor: Redação

Os seguros multirriscos habitação cresceram 5,3% em Portugal no ano passado, representando mais 23,5 milhões de euros que em 2017, sobretudo devido à dinâmica que se vive no setor imobiliário e no negócio dos empréstimos para a compra de casa. A maioria das pessoas, quando contrata um crédito à habitação, decide fazer os seguros de vida e multirriscos no mesmo banco, deixando de analisar outras soluções no mercado. Mas há formas de poupar nos seguros. Contamos-te tudo.

O seguro multirriscos consiste numa solução de seguro mais abrangente, associada a uma habitação, que inclui a cobertura sobre riscos como incêndios, inundações, reparação de danos em bens móveis, roubo ou furto, entre outros.

Muitas vezes as próprias entidades bancárias oferecem melhores condições no spread do crédito habitação se os seguros forem feitos com a mesma entidade, aponta o Doutor Finanças.

Por exemplo, se tiveres um crédito à habitação com spread de 1,5%, ao realizar o seguro multirriscos com a mesma entidade, pode ser-te atribuída uma bonificação de 0,1% no spread. 

Ainda assim, os seguros feitos nos bancos são mais dispendiosos e a bonificação pode não compensar financeiramente, adverte a empresa de consultoria em finanças pessoais e familiares.

Dicas para poupar

Para poupar no seguro multirriscos, deve ter-se em consideração três pontos importantes, segundo o Doutor Finanças:

  1. Fazer uma avaliação das opções de seguro de vida e multirriscos disponíveis no mercado para além da opção apresentada pelo banco para comparar custos e coberturas;
  2. Rever a real necessidade das coberturas apresentadas, pois muitos seguros têm coberturas que se desconhecem e pode estar a pagar-se por algo de que não se precisa;
  3. Ter em consideração que, por norma, aglutinar todos os seguros na mesma companhia pode tender a trazer menos poupança.

Em vez de concentrares todos os seguros numa só companhia ou entidade, deve optar por consultar uma mediadora que trabalhe com todas as companhias ou entidades e que possa proporcionar seguros mais ajustados às necessidades de cada um.

Para conseguires uma melhor relação custo-benefício, deves analisar cuidadosamente as coberturas do seguro multirriscos e comparar diferentes alternativas. E isso também é válido para quem já tem um crédito habitação.

Com as recentes alterações do mercado e com a queda do valor dos spreads, poderá ser muito vantajoso fazer uma reavaliação de um crédito habitação, com a possibilidade de conseguir poupanças expressivas na prestação, quer através da revisão do spread, assim como na revisão do seguro de vida e multirriscos”, argumenta o Doutor Finanças.