Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prestação da casa desce em dezembro para a maioria dos portugueses

Em causa estão contratos de crédito à habitação indexados à taxa Euribor a seis meses, a mais usada no país.

Autor: Redação

A maioria dos portugueses que pediu dinheiro emprestado ao banco para comprar casa – os que têm o crédito à habitação indexado à taxa Euribor a seis meses – vai ver a prestação baixar em dezembro, em relação à revisão de junho. Em causa está uma diminuição de 6,71 euros por mês. 

Em causa estão simulações da Deco/Dinheiro&Direitos para a Lusa. Segundo as mesmas, um cliente com um empréstimo no valor de 150.000 euros a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses com um spread (margem de lucro do banco) de 1%, pagará a partir de dezembro e durante os próximos seis meses 459,59 euros, menos 6,71 euros face à última revisão da prestação, em junho.

Perante o mesmo cenário, mas tratando-se de um financiamento indexado à Euribor a três meses, a segunda mais usada em Portugal, a prestação da casa vai aumentar ligeiramente para 455,33 euros, mais 47 cêntimos que o valor pago desde setembro.

De recordar que as taxas Euribor, que são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa, continuam em terreno negativo. Em novembro, a média da taxa Euribor a seis meses foi de -0,337%, um novo mínimo histórico, e a média da taxa a três meses de -0,401%, escreve a Lusa.