Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Já podes consultar as deduções de IRS a que tens direito (e reclamar, se for caso disso)

ESHOOTS.COM/Unsplash
ESHOOTS.COM/Unsplash
Autor: Redação

A partir desta quarta-feira (28 de fevereiro) está disponível no Portal das Finanças a nova página onde cada contribuinte poderá consultar a lista final das suas deduções à coleta para o IRS de 2017. Toma nota de algum tipo de erro, omissão ou desconformidade. Se não concordares com os valores recolhidos, podes reclamar até 15 de março.

As Finanças vão disponibilizar, além dos montantes que vinham a ser periodicamente inscritos no e-fatura dos contribuintes, os números referentes a taxas moderadoras, propinas, rendas e juros relativos à habitação permanente e encargos com lares que não constam do sistema.

Os contribuintes devem analisar, entre 28 de fevereiro e 15 de março, os dados recolhidos pelo Fisco e perceber se há algum erro ou omissão nas despesas relativas a 2017 para efeitos de IRS. Fica a saber, no entanto, que só poderás fazer reclamações relativas às despesas gerais familiares e às deduções com exigência de fatura (despesas relacionadas com cabeleireiros, restaurantes ou transportes, por exemplo).

Caso notes um erro no registo das restantes deduções de cálculo automático – de saúde, educação, habitação e lares – que não podem ser reclamadas, será possível, em alternativa, declarar os valores das despesas no quadro 6C do anexo H da declaração Modelo 3 do IRS.

As reclamações podem ser feitas através do Portal das Finanças, por escrito ou presencialmente numa repartição das Finanças.