Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Quais os municípios com os rendimentos mais elevados do país?

INE
INE
Autor: Redação

Oeiras, Lisboa e Cascais  - todos localizados na Área Metropolitana de Lisboa - são os municípios com os rendimentos mais elevados do país. Cerca de 20% dos municípios registaram valores medianos do rendimento superiores à referência nacional durante 2017, fixado nos 8.687 euros, sendo que foi Oeiras que registou o valor mais alto a nível nacional (12.935 euros), segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

No lote dos municípios com valores acima de 10.000 euros destacam-se assim Oeiras, Lisboa, Cascais, Entroncamento, Alcochete, Coimbra, Almada, Porto, Vila Franca de Xira, Évora, Seixal, Aveiro, Marinha Grande, Odivelas e Setúbal.

O valor mediano do rendimento bruto declarado deduzido do IRS liquidado por sujeito passivo foi de 8.687 euros em Portugal em 2017, sendo que 64 municípios apresentaram valores medianos superiores à referência nacional, de acordo com os dados mais recentes, divulgados esta quarta-feira, dia 31 de julho de 2019.

“Em 2017, o valor mediano do rendimento bruto declarado mediano deduzido do IRS liquidado por sujeito passivo foi de 8.687 euros em Portugal. A Área Metropolitana de Lisboa (10.397 euros), a Região de Leiria (8.895 euros), a Região de Coimbra (8.826 euros), o Alentejo Central (8.792 euros) e a Região de Aveiro (8.742 euros) foram as sub-regiões que apresentaram os rendimentos medianos mais elevados, superiores à referência nacional. Por outro lado, as sub-regiões do Alto Tâmega (6.674 euros) e do Tâmega e Sousa (6.984 euros) apresentaram os rendimentos medianos mais baixos, inferiores a 7.000 euros por sujeito passivo”, lê-se no site do INE.