Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

O impacto da pandemia nas finanças pessoais dos europeus

Statista
Statista
Autor: Redação

A pandemia da Covid-19 está a ter um grande impacto na economia mundial e, paralelamente, a agravar a situação financeira de muitas famílias. O impacto no rendimento pessoal também é notório na Europa, sendo certo que há países que sentem os efeitos da crise pandémica de forma mais vincada que outros. É o caso, por exemplo, de Espanha, Grécia, Chipre, Roménia e Bulgária.

Como se pode constatar no gráfico publicado no site Statista, a partir de dados do último inquérito do Eurobarómetro do Parlamento Europeu, Portugal integra o segundo lote de países mais afetados pela pandemia, com 45% dos inquiridos a assumir que sentiu os efeitos do novo coronavírus nas finanças pessoais. 

Luxemburgo e Dinamarca são os países onde as pessoas dizem ter sentido menos “na carteira” o impacto do novo coronavírus, com uma proporção de apenas 20%.