Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Endividamento da economia atinge recorde de 757,5 mil milhões em maio

Face a abril de 2021, “o endividamento do setor não financeiro aumentou 4,0 mil milhões de euros”, revela o Banco de Portugal.

Endividamento da economia atinge recorde de 757,5 mil milhões em maio
Banco de Portugal
Autor: Redação

“Em maio de 2021, o endividamento do setor não financeiro situou-se em 757,5 mil milhões de euros, dos quais 346,4 mil milhões de euros respeitavam ao setor público e 411,1 mil milhões de euros ao setor privado”, revelou recentemente o Banco de Portugal (BdP). Trata-se do valor mais elevado de sempre.

Segundo o BdP, face ao mês anterior, abril de 2021, “o endividamento do setor não financeiro aumentou 4,0 mil milhões de euros”, uma subida que se deveu “aos aumentos de 2,5 mil milhões de euros do endividamento do setor público e de 1,5 mil milhões de euros do endividamento do setor privado”. 

“A subida do endividamento do setor público resultou, sobretudo, dos acréscimos registados no endividamento junto do setor financeiro (1,5 mil milhões de euros) e no endividamento perante o exterior (0,8 mil milhões de euros)”, lê-se no site do regulador.