Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Manifestação de polícias termina com dez feridos e duas detenções

Autor: Redação

A manifestação de ontem frente à Assembleia da República, que juntou milhares de elementos das forças e serviços de segurança, gerou muita expectativa, desde logo porque do outro lado estavam também elementos das forças de segurança. No final, o balanço acabou por ser positivo, já que resultaram do protesto dez feridos e duas detenções, isto na sequência de uma tentativa frustrada de invasão da escadaria do Parlamento.

Segundo o Notícias ao Minuto, a tensão foi elevada durante os protestos contra os cortes salariais e o congelamento das carreiras, tendo-se intensificado com a chegada dos manifestantes, pelas 20h15, ao largo em frente à Assembleia da República.

“Do outro lado da barricada” estava um contingente policial superior ao normal em circunstâncias anteriores, disposto num perímetro em torno da escadaria da Assembleia. Certo é que alguns manifestantes acabaram por furar a barreira policial e invadir as escadas, mas apenas parte delas, ao contrário do que aconteceu nos protestos de novembro do ano passado.

Pelo meio, os organizadores do protesto, que iam fazendo sucessivos apelos à calma, foram recebidos pela presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, num encontro que demorou menos de meia hora.

Eram cerca de 22 horas quando os manifestantes começaram finalmente a abandonar o largo frente ao Parlamento, tendo depois o cordão de segurança do corpo de intervenção iniciado também a respetiva desmobilização.

Clica aqui para veres algumas fotos da manifestação.