Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investimento imobiliário global cresce 16% no primeiro semestre (e Lisboa torna-se numa das cidades com maior qualidade de vida do mundo)

Nova Iorque continua a liderar o ranking das cidades que mais atraem investimento.
Autor: Redação

O investimento imobiliário global cresceu 16% no primeiro semestre do ano face ao mesmo período do ano passado. Mas nem todos os mercados mostraram um comportamento idêntico, sendo que Nova Iorque, por exemplo, continua a liderar o ranking das cidades que mais atraem investimento. Já Lisboa surge no ranking das cidades com maior qualidade de vida no mundo.

Segundo dados do estudo “Winning in Growth Cities”, elaborado pela consultora imobiliária Cushman & Wakefield (C&W), a volatilidade do mercado bolsista, a incerteza em torno das economias da China e do Médio Oriente e a probabilidade de novas políticas monetárias restritivas nos EUA não impediram o crescimento do investimento imobiliário global ao longo do ano, que subiu 16% face a 2014.

“As 25 cidades que mais atraem investimento imobiliário subiram 200 pontos base de quota nos últimos seis meses, tendo alcançado os 53%. Nova Iorque (EUA) manteve a liderança do ranking muito devido ao crescente investimento estrangeiro enquanto Londres (Reino Unido) continua na segunda posição, seguida de Tóquio (Japão), Los Angeles (EUA) e São Francisco (EUA)”, refere a C&W, em comunicado.

A consultora refere que Lisboa também “registou uma evolução significativa” nos primeiros seis meses do ano, “concentrando 70% do investimento no país, na ordem dos 750 milhões de euros e mais que quintuplicando face” a 2014. “Lisboa começa a colher os frutos do investimento que tem vindo a fazer na projeção da sua imagem internacional, e surge no ranking das cidades com maior qualidade de vida no mundo na 41ª posição, a apenas três lugares de Barcelona (Espanha)”, conclui.