Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Cushman & Wakefield

Últimas notícias sobre "Cushman & Wakefield" publicadas em idealista.pt/news

Sede da PwC instala-se no POP: novo escritório no Porto tem mais de 2.700 m2

O Porto Office Park (POP), em plena Avenida Sidónio Pais, foi o local escolhido pela PwC para instalar a sua nova sede de escritórios. O espaço que irá acolher a consultora internacional tem, de resto, mais de 2.700 metros quadrados (m2), distribuídos por dois andares. Nesta operação de relocalização, a Cushman & Wakefield (C&W) atuou em nome do proprietário do imóvel, o Grupo Violas Ferreira.

Notícia sobre:

“Investidores internacionais continuam com muito interesse em Portugal”, alerta Cushman & Wakefield

Escritório, retalho, industrial & logística, hotelaria, residencial e investimento. Que impacto está a ter a pandemia do novo coronavírus nos vários setores do setor imobiliário? Segundo a Cushman & Wakefield (C&W), no segmento residencial, “a procura por parte de clientes internacionais deverá retomar primeiro”. “Os investidores internacionais continuam com muito interesse em Portugal”, conclui a consultora imobiliária.

Notícia sobre:

Multimilionário russo desafia o Covid-19: comprou um resort na Grécia por 200 milhões

Será este um “negócio da China” em tempos de crise, que é como quem diz, em tempos de pandemia de novo coronavírus? Passamos a explicar: a Belterra Investments, empresa de investimento imobiliário propriedade do multimilionário russo Ivan Savvidis, comprou um resort de luxo na Grécia, em Salónica, por 200 milhões de euros. Trata-se do Porto Carras Grand Resort, que estava nas mãos da Technical Olympic, da família Stengos.

Notícia sobre:

Preparar o regresso aos escritórios: circular sim, mas com segurança

Chama-se Recovery Readiness Task Force (RRTF) e é um grupo de trabalho criado pela Cushman & Wakefield (C&W) para preparar as empresas para o regresso às suas atividades depois da pandemia de Covid-19. A consultora imobiliária anunciou ainda o programa Six Feet Office, que apresenta conceitos e ferramentas para garantir a distância social nos escritórios, um projeto desenvolvido pelo escritório da empresa na Holanda.

Notícia sobre:

Seguradora Zurich compra Castilho 52 (antigo Edifício Mapfre) – está totalmente arrendado

A seguradora Zurich comprou o edifício Castilho 52, em Lisboa, que totaliza 4.000 metros quadrados (m2) de área bruta de construção acima do solo, distribuídos por nove pisos de escritórios e dois de estacionamento em cave. O imóvel, que desde outubro de 2018 estava “nas mãos” do fundo de investimento imobiliário alemão AM Alpha, era conhecido como Edifício Mapfre, já que foi ali que durante anos a seguradora espanhola albergou a sua sede.

Notícia sobre:

“2019 foi transversalmente um ano excelente para o imobiliário nacional”

“2019 foi transversalmente um ano excelente para o imobiliário nacional: no mercado de investimento imobiliário comercial estima-se que terão sido transacionados 3.000 milhões de euros enquanto que o mercado ocupacional revela uma procura ativa e limitada pela escassez de oferta de produto de qualidade”. A garantia é dada por Eric van Leuven, diretor-geral da Cushman & Wakefield (C&W) em Portugal, que diz estar otimista para 2020. 

Notícia sobre:

Imobiliário comercial português está de boa saúde e em 2020 continuará a ser atrativo

O final de ano está em contagem decrescente e o mercado imobiliário português está de boa sáude, nomedamente o comercial, podendo superar os níveis alcançados no ano passado. Para 2020, “antecipa-se uma manutenção da evolução positiva do mercado, embora a níveis mais moderados face aos últimos anos”, diz Andreia Almeida, diretora de research da Cushman & Wakefield (C&W).

Notícia sobre:

“O investimento comercial no Porto pode atingir os 300 milhões até ao final do ano”

Duarte Nuno Rodrigues assumiu, no início de julho, o cargo de diretor do escritório no Porto da Cushman & Wakefield. Em entrevista ao idealista/news, este profissional com 20 anos de experiência no mercado imobiliário destaca que o mercado na região Norte tem estado muito ativo este ano.

Notícia sobre:

Escritórios precisam-se: mercado vai enfrentar “cenário dramático”

O mercado de escritórios em Portugal está e vai enfrentar tempos difíceis. Eric Ven Leuven, da Cushman & Wakefield Portugal, prevê um "cenário dramático” para os próximos três ou quatro anos, com os preços a continuarem a subir face à escassez de espaços.

Notícia sobre: