Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Portugal, a segunda casa de cada vez mais cariocas com dinheiro

Autor: Redação

"Clima agradável, qualidade de vida e facilidade da língua", estas são algumas das razões que estão a fazer com que, cada vez mais, brasileiros invistam na compra de imobiliário em Portugal. A par dos encantos nacionais, os novos proprietários chegam atraídos pelas mudanças na legislação portuguesa que propocionou um novo sistema de benefícios fiscais e a concessão de vistos de residência, através dos vistos gold.

Tudo isto é explicado num vasto artigo do Globo, publicado na semana passada, que visa responder à questão: "Por que tantos cariocas estão elegendo Portugal como segunda casa".

Aguinaldo Silva, Glória Perez, Cláudia Abreu, Fernanda Torres, Paolla Oliveira, Vitória Frate e Pedro Neschling são apenas alguns dos nomes conhecidos que integram a cada vez mais extensa lista de proprietários na capital portuguesa, de acordo com o jornal brasileiro.

Investimentos quase sempre de luxo

A par dos franceses e dos chineses, os brasileiros são considerados, hoje em dia, como uns dos melhores clientes das imobiliárias em Portugal, sobretudo no mercado de luxo. Os dados oficiais mostram que do Brasil chegam apenas 4% dos pedidos dos vistos gold, mas o artigo contrasta esta informação.

"Os números não correspondem à avalanche de brasileiros comprando imóveis porque muitos já têm, por parte do avô ou da avó, cidadania portugues", ressalta Mario Vilalva, embaixador do Brasil em Portugal, citado pela prestigiada publicação.

Para o diplomata, a ascensão do turismo no país e a queda no valor dos imóveis, em decorrência da crise económica, foram determinantes para o boom. 

"Quando começaram a redescobrir Portugal, inicialmente como turistas, os brasileiros passaram a enxergar Lisboa como uma possibilidade de segunda casa, como aconteceu com Miami tempos atrás", analisa Mario Vilalva.

Brasileiros sentem-se "em casa" em Portugal

Outro fator que pesa a favor é a forma como os brasileiro se sentem acolhidos em Portugal. "A nova leva de brasileiros que está atravessando o Oceano Atlântico é recebida de braços abertos pelos portugueses", frisa ainda o Globo, a partir de uma série de depoimentos recolhidos no artigo.