Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Cada visto gold corresponde a três entradas em Portugal

Gtres
Gtres
Autor: Redação

É o verdadeiro três em um. Os dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) mostram que cada Autorização de Residência para a Atividade de Investimento (ARI) – os chamados vistos gold – atribuída equivale à entrada de três imigrantes no país, ou seja, o investidor e dois familiares. No ano passado, os investidores trouxeram 2.678 familiares para Portugal.

“As pessoas vêm primeiro e depois trazem a família. Ficam cá e desenvolvem outros investimentos e atividades. Trazem primeiro a mulher e os filhos e, se as coisas continuarem a correr bem, também os pais e os sogros querem vir para Portugal”, disse o presidente da Liga dos Chineses em Portugal, Y Ping Chow, ao Diário de Notícias.

Em 2017 foram atribuídas 1.351 ARI, um número inferior ao do ano anterior (1.414). Ainda assim, e apesar da ligeira diminuição, o total de entradas aumentou. E a explicação é simples. Os investidores estão a trazer mais familiares, nomeadamente 2.678 em 2017, uma subida de 14% em relação a 2016. Desde 2012, através dos 5.553 vistos gold atribuídos, entraram em Portugal 9.315 cidadãos