Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

ARI

Últimas notícias sobre "ARI" publicadas em idealista.pt/news

Fim dos vistos gold em Lisboa e Porto à vista – travão entra em vigor ainda este ano

O fim da atribuição de vistos gold nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, aprovada na especialidade na sequência de uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), vai mesmo ser posta em marcha. A decisão de alterar as regras do regime (nos grandes centros urbanos) que serviu de motor ao imobiliário nos últimos anos foi adiada por causa da pandemia, mas o Governo quer ter o diploma pronto até ao final do ano.

Notícia sobre:

Vistos gold: compra de imóveis gerou 90% dos 5 mil milhões de euros captados em 7 anos de programa

O imobiliário tem sido, sem margem de dúvida, o grande motor dos chamados "vistos gold". Desde que está em vigor - arrancou em outubro de 2012 - o programa de Autorizações de Residência para Atividade de Investimento (ARI) captou cerca de 4,9 mil milhões de euros e a compra de imóveis representou 90% do valor do investimento, de acordo com os dados mais recentes do SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Notícia sobre:

Cada visto gold corresponde a três entradas em Portugal

É o verdadeiro três em um. Os dados do SEF mostram que cada Autorização de Residência para a Atividade de Investimento – os chamados vistos gold – atribuída equivale à entrada de três imigrantes no país: o investidor e dois familiares. No ano passado, os investidores trouxeram 2.678 familiares para Portugal.

Notícia sobre:

Vistos gold: investimento cai 3,4% em 2017 para 844 milhões de euros

O investimento captado através da Autorização de Residência para a Atividade de Investimento (ARI), também conhecida como vistos gold, recuou 3,4% em 2017, face a 2016, para 844 milhões de euros. Ao todo foram atribuídos no ano passado 1.351 vistos, segundo dados do SEF.

Notícia sobre:

Atribuídos 93 vistos gold em novembro e investimento captado sobe 14,6%

O investimento captado através dos vistos gold subiu 14,6% em novembro face ao mesmo mês do ano passado, para 54,5 milhões de euros. A maioria do montante continua a corresponder à compra de imóveis (52.37 milhões de euros) – casas que custam mais de 500.000 euros – enquanto a transferência de capital atingiu os 2.21 milhões de euros.

Notícia sobre:

Há um atraso de três meses na atribuição de vistos gold

Os estrangeiros que queiram investir em Portugal através do programa vistos gold têm de esperar pelo menos três meses para conseguirem ter uma reunião no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e entregaram a documentação que permite dar início ao processo. Isto depois de já terem investido no mínimo 500.000 euros na compra de um imóvel.

Notícia sobre:

Chineses continuam a alimentar vistos gold - investimento subiu total 15%

Os vistos "gold" já tiveram melhores dias e o investimento caiu no passado mês de julho. Ainda assim, o saldo total do ano continua positivo, tendo registado um crescimento de 14,8% nos primeiros sete meses de 2017, face ao período homólogo. A maioria do investimento total resultante da Autorização de Residência para a Atividade de Investimento (que chegou aos 656 milhões de euros em julho) continua a ser gerado pelos chineses.

Notícia sobre:

Investimento captado com vistos gold desce 59% num mês

O investimento captado através do programa Autorização de Residência para a atividade de Investimento (ARI), mais conhecido por vistos gold, recuou 5% em abril em termos homólogos, para 78 milhões de euros. No mês em causa foram atribuídos 122 vistos gold, 115 dos quais na sequência da compra de casas – têm de custar pelo menos 500.000 euros.

Notícia sobre: