Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Santander quer vender 6.000 milhões em imóveis ainda este mês

Gtres
Gtres
Autor: Redação

O Santander está a preparar-se para vender uma carteira de 6.000 milhões de euros em ativos imobiliários. O banco espanhol quer pôr um “ponto final” - ainda este mês - na herança tóxica deixada pelo banco Popular, que comprou.

O objetivo é fechar a operação ainda este mês, segundo informações avançadas pela agência Efe e citadas pelo jornal El Economista. Esta venda em bloco - da carteira “Apple” - será a segunda megaoperação realizada pelo grupo presidido por Ana Botín, que em Portugal detém o Santander Totta..

A primeira realizou-se no ano passado. Pouco depois de adquirir o Banco Popular, o Santander vendeu 30.000 milhões em ativos ao fundo norte-americano Blackstone - com quem criou uma parceria, mantendo 49% do capital.

Até agora o Santander escusou-se a fazer comentários, mas é muito provável que esta "fórmula" se repita agora.