Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Residência de estudantes Collegiate Porto Campus abre em outubro: são 580 estúdios

Está localizada no Pólo Universitário da Asprela, em Paranhos / Temprano Capital Partners
Está localizada no Pólo Universitário da Asprela, em Paranhos / Temprano Capital Partners
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

A nova residência de estudantes Collegiate Porto Campus, constituída por 580 estúdios, tem abertura prevista para outubro de 2019. Este novo conceito de residências de luxo, que foi iniciado em Lisboa, com a Collegiate Marquês de Pombal, e que vai chegar agora ao Porto, fica localizado no Polo Universitário da Asprela, em Paranhos. A nova residência é promovida pela Temprano Capital Partners, um investidor privado, criado em 2013, com base em Espanha e que em Portugal se associou à britânica Collegiate.

Embora a Collegiate esteja já a promover a residência no Porto – cuja informação pode ser consultada no site, mas também possível de obter por telefone, e conste mesmo nos estudos das consultoras imobiliárias (caso da Perspetiva Imobiliária/CBRE) –, a Temprano, em declarações ao idealista/news, destaca que “o operador da residência Porto Campus será confirmado nos próximos meses”. “Utilizamos uma variedade de operadores internacionais para as nossas residências estudantis”, acrescenta a mesma fonte da empresa.

Preços praticados são mais modestos 

Localizada na Rua Dr. Manuel Pereira da Silva, a escassos metros das faculdades de Economia e Engenharia da Universidade do Porto, a nova residência terá valores de arrendamento significativamente mais baixos que os praticados na residência Collegiate Marquês de Pombal.

A Temprano esclarece que, “embora sujeito a confirmação”, a sua “expetativa atual é de que os preços do Campus da U. Porto sejam de 450 euros por mês, incluindo serviços, comodidades e ligação à internet de alta velocidade”. 

Na residência Collegiate Marquês de Pombal, os preços praticados em janeiro de 2018, data de abertura, variavam entre os 587 euros e os 1.400 euros mensais.

Neste momento, de acordo com o tarifário disponível no site da Collegiate Marquês de Pombal, os preços dos estúdios – ou quartos individuais – vão dos 812 euros aos 1.600 euros (estúdio penthouse, com terraço).  Os valores mensais dos quartos individuais têm incluídos os serviços e outras comodidades. 

Porto tem uma realidade diferente

Na informação disponível no site, a Collegiate destaca que os valores praticados no arrendamento dos estúdios da nova residência serão em breve disponibilizados, bem como outras informações e convida os interessados a inscreverem-se no portal. 

O idealista/news falou com alguns estudantes que procuraram obter mais informações, via telefone, junto da Collegiate. A informação conseguida é que “os valores serão menores que os praticados em Lisboa”. E a justificação dada é que “a residência é maior” e que a “realidade do mercado do Porto é diferente”, refere uma estudante.

Acomodações de ponta para estudantes

No site da Temprano, o empreendimento é apresentada como “um projeto de 20.000 m2 localizado no campus universitário de Asprela”. Acrescenta que o projeto “fornecerá acomodações de ponta para estudantes” e inclui, além dos estúdios, “uma 
piscina ao ar livre, num espaço ajardinado, uma sala de cinema, biblioteca, ginásio/spa, áreas de descanso, salas comuns e salas de festas privadas para jantares, mas também eventos e experiências para os alunos”.

Destaca, ainda, “que as residências têm portaria 24 horas e os estúdios estão totalmente equipados”, tendo por exemplo “eletrodomésticos nas cozinhas e banheiros premium”.

Collegiate e Milestone concorrentes e vizinhas

A residência Collegiate Porto Campus vai ser vizinha de outra residência privada, que os austríacos da Milestone têm em construção avançada. Curiosamente, as duas residências privadas ficam localizadas a escassos metros uma da outra, na Rua Dr. Manuel Pereira da Silva, e têm abertura prevista para o início do ano letivo 2019/2020.

Os promotores das duas residências investiram em dois terrenos que ainda se encontravam livres, mas que apresentam uma localização muito próxima das várias faculdades – públicas e privadas – e bons acessos, especialmente ao Metro.

Ex-quadros da Sonae Sierra agora na Temprano

Em Portugal, a Temprano conta com dois profissionais com larga experiência no mercado, ambos ligados durante décadas ao grupo Sonae. Trata-se de José Manuel Quintela da Fonseca, arquiteto que assinou a maioria dos projetos dos shoppings da Sonae Sierra, tanto em Portugal como no exterior, e que agora é responsável pela conceito e design do projeto na Temprano e de João Pessoa Jorge, que tem mais de 35 anos de experiência no setor imobiliário em Portugal, Brasil, Colômbia e China.