Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Vistos gold a perderem o brilho? Investimento cai 52% em novembro

Volume captado caiu 51,9% em termos homólogos, para 37 milhões de euros, de acordo com as estatísticas do SEF.

Photo by Precondo CA on Unsplash
Photo by Precondo CA on Unsplash
Autor: Redação

O programa de vistos gold perdeu o “fôlego” em novembro de 2019. O investimento captado caiu 51,9% em termos homólogos, para 37 milhões de euros, de acordo com as estatísticas do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). O recuo foi de 38% face a outubro, mês em que o investimento alcançou os 59,9 milhões de euros.

Do total do investimento captado em novembro, escreve a Lusa, 33,9 milhões de euros correspondem ao requisito de aquisição de bens imóveis e 3,1 milhões de euros à transferência de capitais. Foram atribuídos 64 vistos dourados, dos quais 61 por via da compra de imóveis e três por transferência de capitais. Relativamente aos vistos gold concedidos com a compra de imóveis, 17 corresponderam à aquisição com o objetivo de reabilitação urbana.

Nos primeiros 11 meses do ano, o investimento ascendeu a 698 milhões de euros, menos 6% do que em igual período de 2018. O investimento acumulado pelo programa, lançado há mais de sete anos, em outubro de 2012, totaliza 4,95 mil milhões de euros até novembro, com a aquisição de imóveis a somar 4,46 mil milhões de euros.

A China é a grande líder na atribuição de vistos  (4.441), seguida do Brasil (858), Turquia (374), África do Sul (318) e Rússia (293).