Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fundo Brookfield junta-se à Temprano para criar 19 residências de estudantes em Portugal e Espanha

‘Joint-venture’ formada por canadianos e espanhóis aposta forte num segmento que está a crescer na Península Ibérica.

Tim Marshall on Unsplash
Tim Marshall on Unsplash
Autor: Redação

Os investidores têm a mira apontada ao mercado de residências universitárias em Portugal. Uma tendência que não é de agora, mas que parece estar a ganhar ainda mais força. E há mais um “player” internacional de renome a apostar neste segmento no país, o fundo canadiano Brookfield Asset Management, que através de uma ‘joint-venture’ com a espanhola Temprano, vai criar 19 residências de estudantes em Portugal e Espanha. 

“A Brookfield Asset Management, através do seu fundo Strategic Real Estate Partners III ("BSREP III"), em conjunto com Neil Jones e James Preston, os fundadores da Temprano Capital Partners ("Temprano"), formaram uma ‘joint-venture’ para entrar no mercado ibérico de residências de estudantes”, referem em comunicado as duas empresas. 

Na sequência desta “aliança”, o fundo canadiano revela que assumiu o controlo da Temprano e que acordou celebrar contratos de locação de 25 anos para 19 residências de estudantes nos dois países. “Simultaneamente, a ‘joint-venture’ garantiu opções de compra para adquirir os ativos numa data posterior. O exercício de todas estas opções de compra nos termos acordados será o equivalente a deter a propriedade de mais de 8.000 camas em Espanha e Portugal”, lê-se no documento.

Alberto Nin, vice-presidente da equipa imobiliária da Brookfield, diz estar entusiasmado “com a expansão para o mercado ibérico”, que “irá continuar a beneficiar de um aumento de procura”. O responsável acrescenta que a Temprano é “um forte parceiro local com provas dadas no setor”. “A Brookfield é um dos maiores investidores no setor de ‘Living’ na Europa, tendo adquirido e construído plataformas com um total de 60.000 quartos, a operar ou em desenvolvimento por toda a Europa”, comenta.

Do lado da Temprano, um porta-voz não identificado adianta que a empresa está muito satisfeita “com a parceria com um investidor como a Brookfield”. “Permitirá à Temprano consolidar e aumentar a sua posição enquanto um dos principais proprietários e promotores de residências para estudantes em Espanha e Portugal (...). Acreditamos que a combinação da experiência da Temprano e da Brookfield em alojamento para estudantes nos permitirá oferecer as melhores soluções neste segmento de mercado”, acrescenta.