Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Casas para estudantes

Últimas notícias sobre "Casas para estudantes" publicadas em idealista.pt/news

Fundo Brookfield junta-se à Temprano para criar 19 residências de estudantes em Portugal e Espanha

Os investidores têm a mira apontada ao mercado de residências universitárias em Portugal. Uma tendência que não é de agora, mas que parece estar a ganhar ainda mais força. E há mais um “player” internacional de renome a apostar neste segmento no país, o fundo canadiano Brookfield Asset Management, que através de uma ‘joint-venture’ com a espanhola Temprano, vai criar 19 residências de estudantes em Portugal e Espanha. 

Notícia sobre:

Cascais aposta nas casas para estudantes – haverá 430 apartamentos com rendas até 450 euros

A escassez de alojamentos para estudantes a preços acessíveis não é novidade, um cenário que a Câmara de Cascais quer mudar. Para tal, serão construídos 1.608 novos apartamentos, 1.178 de privados e 430 da autarquia, que terão rendas entre 300 e 450 euros.

Notícia sobre:

30 imóveis para estudantes prestes a ser recuperados pelo Governo

Os estudantes universitários a viver longe de casa - que atualmente enfrentam um cenário de subida de preços nas casas e quartos para arrendar generalizada a nível nacional, ainda que mais forte em Lisboa - vão contar com um total de mais 1.500 camas. O Governo acaba de anunciar que vai recuperar perto de 30 imóveis para alojamento em várias instituições universitárias do país.

Notícia sobre:

Quartos para universitários em Lisboa custam mais do dobro que em Braga

Os estudantes universitários têm cada vez mais dificuldade em encontrar alojamentos a preços acessíveis. Arrendar um quarto numa casa particular em Lisboa custa, em média, 450 euros – mais do dobro do que custa em Braga, onde os valores rondam os 200 euros. Na Invicta o preço situa-se na média dos 275 euros mensais.

Notícia sobre:

Senhorios de estudantes: recibos das rendas têm de ser corrigidos desde janeiro

És senhorio e tens casas (ou parte delas) arrendadas a estudantes? Atenção que terás agora de emitir um novo tipo de recibo eletrónico no Portal das Finanças. Além disso, para que os teus inquilinos possam deduzir a despesa no IRS enquanto estudantes deslocados, terás de retificar todos os recibos de renda que tenhas emitido desde janeiro de 2018. 

Notícia sobre:

Governo lança plano para apoiar investimento em imóveis para residências de estudantes

Há falta de oferta de alojamento universitário: as residências públicas para estudantes só garantem camas para 12% dos quase 114 mil alunos deslocados. E as rendas de quartos privados chegam a superar os 600 euros mensais. O Governo lança agora programa para apoiar reabilitação de edifícios que se destinem a residências universitárias públicas.

Notícia sobre:

Rendas de estudantes em Lisboa são 120 euros mais caras que no Porto

Arrendar quarto (ou casa) em Lisboa sai mais caro às carteiras dos estudantes. Quer isto dizer que viver na capital custa, em média, mais 120 euros que no Porto. A conclusão é do Relatório do Mercado de Arrendamento a Estudantes 2017, divulgado pela Uniplaces. A plataforma online revelou ainda que o número de reservas em Portugal registou um aumento de 37% ao longo do último ano.

Notícia sobre:

Uniplaces gerou 100 milhões em rendas desde 2012

A Uniplaces, plataforma online para alojamento de estudantes universitários, gerou 100 milhões de euros em rendas para proprietários e senhorios de seis países europeus (Portugal, Espanha, Itália, França, Alemanha e Reino Unido) que colocam as suas habitações para arrendamento através do site. Um número a ter em conta tendo em conta que a startup foi lançada em 2012.

Notícia sobre:

PS quer alargar dedução das rendas de estudantes deslocados para 300 euros

Os socialistas querem o alargamento da dedução em IRS das rendas dos quartos dos estudantes deslocados para os 300 euros. Ainda assim, a medida vai abranger apenas estudantes até aos 25 anos e só será aplicável àqueles cuja entidade de ensino se situe a uma distância superior a 50 quilómetros da residência permanente do agregado familiar.

Notícia sobre:

Alojamentos para estudantes: faltam mais de 13.000 camas em Lisboa, Porto e Coimbra

Há cada vez mais estudantes estrangeiros em Portugal – o número cresceu 120% desde 2010 –, mas a oferta de alojamento ainda é insuficiente. Segundo o estudo “Portugal Student Housing”, desenvolvido pela JLL em parceria com a Uniplaces, estima-se que faltem entre 13.000 e 18.000 camas em Lisboa, Porto e Coimbra para hospedar estes jovens.

Notícia sobre: