Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mais investimento a caminho de Carcavelos: Campus da Nova acolhe pólo de Medicina

Projeto deverá avançar este ano, juntamente com investimentos na marina de Cascais e no aeródromo de Tires.

Wikipedia
Wikipedia
Autor: Redação

Carcavelos está prestes a protagonizar uma nova onda de investimento, gerada a partir do mundo universitário. Depois da Nova School of Business and Economics (SBE), o campus - localizado no concelho de Cascais (nos arredores de Lisboa) - também terá um pólo de Medicina. O projeto está previsto para avançar ainda este ano e prevê a criação de equipamentos modernos para o ensino nesta área, entre os quais vários laboratórios e também mais alojamento e residências universitárias.

O objetivo é concentrar no campus de Carcavelos a Escola Superior de Alcoitão (ESSA), a Nova Medical School - ou Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa – e a sua parceira Advanced Health Education (AHED), segundo foi dado a conhecer pela Câmara Municipal de Cascais num encontro com jornalistas, esta quinta-feira (dia 16 de janeiro de 2020).

Este projeto, tal como conta o Público, faz parte da chamada “Baía do Conhecimento”, empreendimento que pretende reunir faculdades de diferentes áreas no mesmo espaço e que tem como desígnio criar uma comunidade estudantil com 20 mil universitários em 2021 - de acordo com a câmara municipal.

Além disso, no horizonte do projeto está também a possibilidade de integrar a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril e a Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

Outros projetos de investimento em Cascais este ano

No mesmo encontro, segundo escreve o diário, foram também apresentadas outras novidades relativas ao concelho de Cascais. Sobre as obras na marina, previstas para arrancar no final de 2018, é agora dito que deverão começar no primeiro semestre deste ano. "Será levada a cabo a remodelação de uma área total de 23.700 m2, que por sua vez vai passar a contar com um hotel de cinco estrelas da Sofitel e com 60% de novos espaços comercializados, entre eles de restauração, escritórios e coworking", detalha o Público.

O aeródromo de Tires também será alvo de investimento, neste caso de três milhões de euros, e de várias mudanças. Miguel Pinto Luz divulgou que será criado um novo terminal, e anunciou também a instalação de uma nova torre de navegação e de mais hangares.