Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Centro Empresarial de Alfragide vai ser convertido em hotel

Mercan pagou mais de 5 milhões de euros pelo ativo, onde vai abrir a primeira unidade hoteleira em Lisboa. Processo de venda foi realizado pela Altamira.

Centro Empresarial de Alfragide
Altamira
Autor: Redação

O Centro Empresarial de Alfragide (CEA) mudou de donos e vai ter um novo uso imobiliário. A gestora de créditos e ativos imobiliários Altamira Portugal intermediou a venda do ativo, localizado às portas de Lisboa, por mais de 5 milhões de euros à Mercan. E o objetivo do grupo com base no Canadá é transformá-lo num hotel, dentro da estratégia de expansão que tem em curso em Portugal, onde está presente desde 2015.

O CEA é constituído por três edifícios – dois deles de serviços, com 3727 metros quadrados (m2), e um armazém, com 1188 m2 – inseridos num terreno com uma área total superior a 6800 m2.

Centro Empresarial de Alfragide
Altamira

“Para este ativo já estava em curso um processo de transformação para novas edificações, que com esta venda se vai potenciar”, afirma João Ribeiro, diretor de Real Estate da Altamira Portugal, sublinhando que o presente investimento demonstra que “o desenvolvimento de projetos hoteleiros continua a ser uma tendência no setor imobiliário e este projeto vai certamente contribuir para a dinamização do corredor Oeste”.

Focado no desenvolvimento de projetos imobiliários relacionados com o turismo, o Grupo Mercan tem atualmente 13 projetos em Portugal, em localizações como Porto, Gaia, Matosinhos, Amarante e Évora. 

Centro Empresarial de Alfragide
Altamira

“Este é o nosso primeiro projeto em Lisboa. Vem reforçar a nossa aposta no setor do turismo e o impacto positivo que queremos ter na economia do país, somando-se aos restantes projetos hoteleiros que estamos a desenvolver e que terão um peso relevante na criação de emprego, tanto nas fases de desenvolvimento e construção, como na futura gestão hoteleira, que será de longo prazo”, diz, por sua vez,  Jordi Vilanova, vice-presidente do Grupo Mercan.

Em maio deste ano, o grupo anunciou um investimento de 56 milhões num novo hotel no Porto e outro de 21 milhões de euros numa unidade hoteleira em Évora, em parceria com o RA Group.