Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Os eletrodomésticos que gastam mais energia em casa e truques para poupar

Frigorífico, televisão, máquina de lavar roupa e forno são os equipamentos que mais consomem, mas há formas de baixar a fatura a pagar.

Imagem de Hannah Edgman por Pixabay
Imagem de Hannah Edgman por Pixabay
Autor: Redação

Nos últimos meses, a maior parte do tempo dos portugueses foi passado em casa, devido à pandemia da Covid-19. Não é de estranhar, por isso, que os consumos de energia tenham subido em flecha, nomeadamente os da eletricidade. Quais serão, então, os eletrodomésticos mais “glutões” da casa e o que é possível fazer para que poupar energia com os mesmos? Explicamos-te tudo sobre este assunto no artigo de hoje da Deco Alerta.

A Deco Alerta é uma rubrica semanal destinada a todos os consumidores em Portugal que é assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor* para o idealista/news.

Estamos a tentar poupar energia cá em casa, protegendo o nosso orçamento e o Planeta. Disseram-me que o frigorífico é o eletrodoméstico que mais consome eletricidade nas nossas cozinhas. Confirmam esta informação? Quais são os eletrodomésticos mais “glutões”?

Começamos por confirmar que o frigorífico é o eletrodoméstico que mais consome energia em casa. Aliás, segundo dados oficiais, este equipamento é responsável por cerca de 20% do consumo energético de uma casa média. Sendo este um eletrodoméstico indispensável, não poderás “apagar” este consumo na totalidade, mas há práticas diárias que podem ajudar a poupar. Como por exemplo evitar abri-lo muitas vezes, colocar alimentos ainda quentes no seu interior e mantê-lo sempre limpo.

Deves colocá-lo num sítio ventilado e longe de fontes de calor, verificando com regularidade o estado das borrachas para que se mantenha bem vedado.

Quanto aos outros “glutões” da casa de todos nós temos a televisão também no pódio dos que gastam mais energia, representa cerca de 12% do consumo energético. Mesmo quando se desliga com o comando, a televisão continua a gastar energia porque fica em stand-by. O truque para evitar este consumo “fantasma” é simples. Deves desligá-la da tomada, pelo menos durante a noite e quando se vai de férias.

As televisões LED consomem menos 25% de energia do que as LCD e até menos 40% do que as plasma.

A máquina de lavar roupa ocupa o 3º lugar do top que aqui fazemos, pois é responsável por cerca de 11% do consumo de energia, além do elevado gasto de água que também representa.

Deixamos-te alguns truques para poupar eletricidade (e água!) na utilização desta máquina: 

  • Pô-la a funcionar só quando atingir a capacidade máxima de roupa;
  • Optar pelos programas de lavagem económicos;
  • Limpar o filtro frequentemente;
  • Utilizar temperaturas mais baixas sempre que possível.

Também o forno é um dos eletrodomésticos cuja utilização tem um grande peso na fatura da eletricidade, representando à volta de 8% do consumo energético da casa. Podes reduzir os gastos evitando abrir a porta do forno quando está ligado, pois, de cada vez que se abre, perde-se 25% de energia; mantê-lo limpo e sem gorduras de forma a otimizar o seu funcionamento e ainda desligá-lo cerca de 10 minutos antes do fim da confeção dos alimentos, aproveitando o calor residual.

*Informa-te connosco. Consulta o nosso gabinete de aconselhamento de energia através do email energia@deco e/ou do telefone 21 371 02 00.