Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Importação de portáteis na UE dispara com a pandemia – em Portugal aumentou 22%

Eurostat
Eurostat
Autor: Redação

A importação de portáteis nos países da União Europeia (UE) disparou este ano, à boleia da pandemia da Covid-19, tendo atingido um valor recorde em abril. Em Portugal, as importações de portáteis aumentaram 22% num ano, entre julho de 2019 e o mesmo mês de 2020. Em causa está dados divulgados esta sexta-feira (23 de outubro de 2020) pelo Eurostat. 

Segundo o gabinete de estatísticas da UE, o ranking da importalção de portáteis é liderado pela Roménia, onde se verificou um crescimento de 38%. Dinamarca (35%) e Eslováquia (27%) completam o pódio. Do lado oposto da tabela encontra-se a Estónia, que foi, de resto, o único país com uma taxa de crescimento negativa (-0,3%).

“À medida que os países se adaptaram à crise [gerada pela pandemia], mais pessoas precisaram de trabalhar ou estudar em casa, além de contarem com reuniões virtuais para estabelecer contacto com amigos e familiares. Isso fez com que as importações de portáteis atingissem um recorde histórico em abril de 2020”, conclui o Eurostat.