Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Atividade da reabilitação urbana dispara 41,8% e produção contratada cai para 7,5 meses

AICCOPN
AICCOPN
Autor: Redação

Em maio, o nível de atividade da reabilitação urbana registou “uma subida expressiva” de 41,8% em termos homólogos e de 5,1% face ao mês anterior. Já a produção contratada em meses, ou seja, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, fixou-se em 7,5 meses, o que traduz uma ligeira diminuição face ao período homólogo.

Em causa está o Barómetro da Reabilitação Urbana de junho, divulgado pela Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

Segundo o mesmo, e no que diz respeito ao Índice Carteira de Encomendas, observou-se em maio um aumento de 45,7% em termos homólogos e de 10,4% face ao mês anterior. “Note-se que este indicador regista há sete meses consecutivos taxas de crescimento superiores a 40%”, conclui a entidade.