Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Novo condomínio de moradias com vistas panorâmicas a nascer no centro do Porto

Confinamento por causa da pandemia da Covid-19 fez disparar procura de casas mais amplas e com espaço exterior.

Cleverbuild – Engenharia e Construção
Cleverbuild – Engenharia e Construção
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

A escassos da metros da Avenida da Boavista e da conhecida zona do Aviz, na cidade do Porto, acaba de arrancar a construção de um novo empreendimento residencial de gama alta. O condomínio Villas Avenida, que é constituído, numa primeira fase, por sete exclusivas casas, tem três destas moradias já vendidas, sendo que a conclusão está prevista para o verão de 2021. A situação de confinamento, por causa da pandemia da Covid-19, explica a alta procura por casas mais amplas e com espaço exterior.

O empreendimento residencial fica localizado na Avenida do Dr. Antunes Guimarães, em Ramalde, e tem a promoção e construção assegurada pela Cleverbuild – Engenharia e Construção, uma empresa que atua, há cerca de uma década, no mercado de gama alta e na habitação unifamiliar, na cidade do Porto.

Ao idealista/news, Gonçalo Ferreira da Costa, diretor da Cleverbuild, indica que "a procura de habitação, sobretudo de moradias, tem sido elevada após o desconfinamento, o que vai ao encontro à tendência sentida por todo o mercado”, dando a conhecer que as moradias desta primera fase do projeto têm, cada uma, 309 (m2) de área bruta, terraços panorâmicos com cerca de 45 m2, e jardins privativos. Por outro lado, destaca o responsável que “os valores de avaliação bancária das moradias têm-se mantido inalteráveis antes e pós Covid, nesta zona da cidade”.

Cleverbuild – Engenharia e Construção
Cleverbuild – Engenharia e Construção

Preços variam entre 800 e 850 mil euros

De acordo com o responsável da Cleverbuild, “os valores de venda das moradias do Villas Avenida variam entre os 800 mil e os 850 mil euros, dependendo da localização e tamanho dos jardins”.

A segunda fase do empreendimento Villas Avenida - que se encontra em fase de licenciamento - tem prevista a promoção de um conjunto de mais cinco moradias. “Serão moradias semelhantes às da primeira fase, mas com jardins maiores e piscinas individuais”, revela.

De destacar que o condomínio fica implantado num lote que une a Avenida do Dr. Antunes Guimarães à Rua Fonte da Moura, ocupando o espaço da “única quinta existente nesta artéria”, e onde predominam sobretudo construções unifamiliares.

Cleverbuild – Engenharia e Construção
Cleverbuild – Engenharia e Construção

Acabamentos em madeira maciça e lâmina de cortiça

Como a empresa assegura também a construção, Gonçalo Costa diz que há a possibilidade de “os quartos poderem ser todos em suite”, e de um conjunto de outras alterações no desenho do interior das moradias.

Em termos de acabamentos, o responsável frisa que o condomínio Villas Avenida apresenta alguns pormenores que se destacam. É o caso do pavimento em soalho de 4 mm de madeira maciça de carvalho americano, colado sobre contraplacado e lâmina de cortiça, e as nas carpintarias aponta as portas alveolares em MDF com aros de madeira maciça, lacadas, com acessórios em latão niquelado escovado.

Os móveis de WC serão suspensos em MDF lacados a alto brilho com tampo em compacto de mármore e os da cozinha serão lacados de cor branca, sem eletrodomésticos, e com tampo em silestone.

No exterior, o promotor destaca os revestimentos em lajetas de betão (cobertura) e a colocação de relva nas zonas ajardinadas, incluindo sistema de rega automática.

Cleverbuild – Engenharia e Construção
Cleverbuild – Engenharia e Construção