Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

estradas de portugal pede 12 milhões por 150 imóveis

empresa estradas de portugal vai lançar na próxima semana mais 13 leilões
Autor: Redação

a empresa estradas de portugal (ep) tem à venda mais de centena e meia de imóveis, espalhados por todo o país. uma carteira avaliada em cerca de 12 milhões de euros, mas que tem sido difícil escoar

segundo o correio da manhã, dos 24 leilões já realizados este ano, foram vendidos apenas quatro imóveis, disse fonte da empresa ao jornal. a carteira de imóveis e terrenos é vasta, e inclui desde antigas instalações da junta autónoma das estradas até palmos de terra em lugares isolados, passando pelas casas de cantoneiros

além dos imóveis que estão disponíveis na página oficial (www.estradasdepor-tugal.pt), a empresa que gere as estradas nacionais vai lançar na próxima semana mais 13 leilões, num montante global de um milhão de euros

o imóvel mais caro actualmente à venda localiza-se em faro, tem uma área coberta de 2425,50 m2 e uma descoberta de 3103,20 m2, e vale 2,1 milhões de euros. já o mais barato, está à venda por 264 euros, e trata-se de uma faixa de terra de 105,18 m², na freguesia de alqueva (portel), junto a um dos nós rodoviários, conta o correio da manhã

os terrenos mais valiosos encontram-se no distrito de lisboa, nomeadamente na falagueira, carnaxide e pontinha, que resultaram da conclusão das intervenções rodoviárias. os preços pedidos pela ep variam entre o meio milhão de euros e 1,5 milhões de euros

de acordo com o mesmo jornal, a venda directa tem-se revelado mais eficaz do que os leilões públicos, uma vez que, desde o início do ano, a estradas de portugal já conseguir vender 16 imóveis, arrecadando 1,8 milhões de euros