Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Novo Banco vai mudar-se para o Tagus Park em 2022

Nova sede do banco só deverá estar 100% operacional na primavera de 2023.

Novo Banco vai mudar-se para o Tagus park
Tagus Park, Oeiras / Wikimedia commons
Autor: Lusa

O Novo Banco irá mudar a sua sede da Avenida da Liberdade, em Lisboa, para o Tagus Park, em Oeiras, a partir de 2022, de acordo com uma mensagem publicada esta quarta-feira (dia 21 de julho de 2021) na 'intranet' do banco.

De acordo com a comunicação, a que a Lusa teve acesso, "o Novo Banco Campus no Tagus Park será a nova sede do banco e das empresas do grupo que irá acolher de forma faseada, durante o ano de 2022, os seus serviços centrais atualmente localizados no centro de Lisboa".

"A total operacionalidade do Campus está prevista para a primavera de 2023. Os trabalhos no Tagus Park de adaptação, remodelação e construção terão início brevemente", de acordo com a mensagem.

Segundo o banco, trata-se de uma "mudança histórica", dado que se irão "reunir pela primeira vez todos os serviços centrais num mesmo espaço"

"Esta mudança permite-nos iniciar um novo capítulo da nossa história, numa nova morada liberta dos elos que ainda nos ligam ao passado e que irá promover uma nova filosofia de trabalho assente na colaboração, flexibilidade e sustentabilidade", disse o presidente executivo do banco, António Ramalho, citado na mensagem.

O responsável máximo da instituição financeira afirmou ainda que "o Novo Banco Campus será voltado para a comunidade com base em valores de transparência e sustentabilidade".

O projeto de instalação no Tagus Park, em Oeiras, também no distrito de Lisboa, "prevê a criação de áreas comuns como auditórios, espaços de trabalho partilhados, serviços de conveniência, espaços sociais e para prática de exercício físico que irão potenciar melhores índices de produtividade e assegurar conforto e conveniência" aos trabalhadores, de acordo com o comunicado do banco.

O Novo Banco assegura ainda que a construção será "ambientalmente sustentável, energeticamente eficiente, com recurso a materiais recicláveis, apostando na reutilização de instalações e elementos construtivos numa lógica de economia circular".

"Esta mudança vai permitir ao banco uma poupança de 30% nos seus custos de energia", esperando o banco obter "uma redução de 35% por ano em custos operacionais com edifícios, ou seja três milhões de euros/ano".

A atual sede do Novo Banco, na Avenida da Liberdade, em Lisboa, foi herdada do Banco Espírito Santo (BES) aquando da resolução da instituição, em 2014.