Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arrendamento de escritórios ao rubro em Lisboa

Autor: Redação

Entre janeiro e julho, foram arrendados 87.192 m2 de escritórios em Lisboa, mais 30.849 m2 que no mesmo período do ano passado. Só em julho foram arrendados 7.686 m2 na capital, um valor 38% acima do nível de atividade registado no mês homólogo.

Em causa estão dados que constam no Office Flashpoint da consultora imobiliária JLL, que garantiu o arrendamento de 28% da área total negociada no mercado este ano. Segundo a consultora, num mês – em julho face a junho –, houve uma desaceleração na obsorção de escritórios, o que acaba por ser normal, já que junho foi o mês mais dinâmico em termos de atividade ocupacional em 2016.

“[Em julho] foram fechadas 22 operações de arrendamento de escritórios, com a área média transacionada a fixar-se em 350 m2. Apenas uma operação – a mudança de escritórios da Interpartner Assistance para um espaço de aproximadamente 1.500 m2 no Edifício Libersil, no Prime CBD – envolveu uma área superior a 1.000 m2. A JLL foi responsável por 10 do total de 22 operações em julho, com uma quota de mercado equivalente a 35%”, adianta a JLL em comunicado.

De referir que “as empresas do setor de TMT’s & Utilities foram as mais ativas em julho, sendo responsáveis pela tomada de 26% da área ocupada no mês, seguidas das entidades dos setores de Serviços Financeiros (25%) e Serviços a Empresas (21%)”, lê-se no documento.