Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

arquitectura: prémio secil atribuído a projecto de requalificação de escola

a nova entrada principal da escola básica francisco arruda
Autor: Redação

o prémio secil de arquitectura 2012 foi entregue a josé neves, 49 anos, pela requalificação e ampliação da escola básica francisco arruda, em lisboa. o premiado foi conhecido durante o 13º congresso dos arquitectos, que terminou sábado e decorreu na faculdade de belas-artes

esta é a primeira vez que josé neves foi distinguido com este prémio, apesar de já ter estado nomeado duas vezes: em 1998 e 2004 com a casa do moinho e o edifício c6 e alameda da faculdade de ciências da universidade de lisboa, respectivamente

de acordo com o público, a obra que requalificou a escola francisco de arruda foi realizada no âmbito do programa de modernização das escolas, promovido pela parque escolar. a escola, que foi projectada originalmente pelo arquitecto antónio losé pedroso em 1956, encontra-se em alcântara e além de restaurada foi também aumentada, um trabalho de adaptação do espaço às novas necessidades que agradou ao júri. “[a forma como josé neves pensou esta escola] é de uma grande inteligência. o que sentimos é que o arquitecto deu sentido ao que já existia mas que estava até agora desgarrado. é uma obra sem alterações muito vistosas, muito sóbria e pensada para o uso diário. é um lugar onde nos sentimos confortáveis”, explicou o arquitecto manuel graça dias, presidente do júri

sublinhe-se que o prémio secil, que tem o valor de 50 mil euros, é atribuído de dois em dois anos