Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Programa “Casa Eficiente 2020” terá 200 milhões para financiar obras em casa

Creative commons
Creative commons
Autor: Redação

O Programa “Casa Eficiente 2020”, que terá um montante de financiamento de 200 milhões de euros – cofinanciados pelo Banco Europeu de Investimento (BEI) e pelos bancos CGD, BCP e Novo Banco –, é formalmente apresentado esta sexta-feira (13 de abril). O objetivo é financiar, com condições mais favoráveis, a realização de pequenas obras em casa ou em condomínios, sempre com a intenção de promover a eficiência energética.

Em causa está, por exemplo, a substituição de janelas antigas por novas, com vidros duplos e proteções solares exteriores, a mudança da instalação elétrica e a colocação de lâmpadas eficientes e de alto rendimento ou com detetores de movimento.

Segundo o Jornal de Negócios, entre as medidas a adotar estão também a aquisição de eletrodomésticos com baixo consumo energético e a instalação de painéis solares. 

Tudo isto com o objetivo de tornar uma casa mais eficiente do ponto de vista energético, hídrico ou de aproveitamento de resíduos

Entretanto, de acordo com o Público, 100 dos 200 milhões de euros de financiamento foram concedidos pelo BEI. Os restantes 50% serão assegurados pela CGD, que disponibiliza 60 milhões de euros, e pelo Millennium BCP e Novo Banco, com 20 milhões de euros cada.

Para aceder as estes empréstimos, há um portal – o “Casa Eficiente 2020” – gerido pela Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário (CPCI) e que já está online. 

Citado pelo Jornal de Negócios, Reis Campos, presidente da CPCI, referiu que o acesso é simples, não obrigando a especiais conhecimentos de informática. O utilizador terá de inserir no sistema as características da sua habitação e indicar qual a intervenção que pretende fazer, de entre uma lista previamente definida. Fazendo a simulação, fica logo a saber que tipo de poupança energética vai conseguir. É também através do portal que será escolhida a empresa que vai fazer a obra, de entre um diretório onde aparecem as empresas que se quiserem inscrever no programa, escreve a publicação.