Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Lisboa rendida ao Alojamento Local: oferta de quartos já supera a da hotelaria

Autor: Redação

Em 2017, havia em Lisboa – na cidade e na região – mais quartos em Alojamento Local (AL) que em hotéis. A oferta disparou, tendo o AL acolhido quase um terço dos turistas nesse ano. Esta é uma das conclusões de um estudo sobre o impacto económico do turismo na região de Lisboa em 2017 elaborado pela Deloitte para a Associação de Turismo de Lisboa (ATL).

Segundo o Jornal de Negócios, que se apoia em dados que constam no estudo – foi apresentado esta segunda-feira (25 de fevereiro de 2019) –, o número de quartos disponíveis em AL ascendia a 33.661 na região de Lisboa, mais 168% que dois anos antes (2015). Já o número de quartos existentes em unidades hoteleiras cifravam-se em 30.217, mais 6,3% que em 2015. 

No caso concreto da capital (Lisboa cidade), havia no ano em causa 23.280 quartos em AL, mais 177% que em 2015. Na hotelaria havia 21.071 quartos, mais 6,4% que dois anos antes.

Relativamente às receitas do AL, dispararam 93,5% face a 2015, atingindo os 239,6 milhões de euros. Em igual período, as receitas dos estabelecimentos hoteleiros cresceram “apenas” 38,4%, para os 856,5 milhões.

O número de hóspedes em estabelecimentos de AL também disparou em 2017: foram 3,17 milhões na região de Lisboa, mais 9,6% que em 2015 e 32,7% do total, e 2,28 milhões na própria cidade, 33,7% do total de hóspedes.

De referir ainda que entre 2015 e 2017 o número de estabelecimentos de AL mais que triplicou na capital, passando de 3.361 para 10.437. O mesmo aconteceu na região de Lisboa: aumentou de 4.661 para 14.285.