Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Dicas para que a venda de uma casa não seja um fracasso

Existem 11 fatores que tornam um imóvel invendável e que interessam saber para se fazerem transações de sucesso.

Arek Socha/Pixabay
Arek Socha/Pixabay
Autor: Redação

Ao colocar uma casa à venda no mercado, é necessário ter em conta alguns elementos do próprio imóvel que podem influenciar o resultado final da operação. A localização e o preço inicial são os principais fatores para atrair os interessados, mas para que a venda seja um êxito também influencia o estado de conservação da casa ou se houve um acontecimento sinistro na casa, entre outros.

Os agentes imobiliários dos EUA prepararam uma lista dos fatores que tornam uma casa invendável. Desde um preço inicial inadequado, até um local indesejável, maus cheiros ou uma decoração antiga.

Uma má localização. Ter a casa perto de um aeroporto, de uma linha de alta tensão, numa rua com muito tráfego ou junto a uma discoteca pode causar problemas ao vendê-la. "A localização é um fator crítico", dizem agentes imobiliários. "Uma má localização só pode ser corrigida diminuindo o preço", avisam.

Um preço irrealista. Quando uma casa não é vendida, é provavelmente porque o preço é muito alto. "A casa que não é vendida é aquela que não tem o preço certo", resumem vários agentes norte-americanos.

Maus cheiros. Parece pouco, mas os cheiros desagradáveis são uma das razões mais comuns para uma transação de venda falhar. E não são apenas os maus cheiros dos canos ou se os vendedores fumam continuamente em casa, o cuidado com os animais de estimação também influencia.

Falta de luz natural. Ter mais luz natural artificial é outro fator-chave para o sucesso ou falhanço de uma venda, tornando a casa mais ou menos desejável, a par do preço inicial. "A falta de luz pode afastar os compradores".

Uma morte em casa. No momento da venda, o conhecimento de um evento sinistro na casa pode influenciar o seu preço final, especialmente se tiver sido violento.

Má arquitetura. Existem fatores arquitetónicos de origem, ou de reformas, que influenciam o momento da apresentação da casa e que não podem ser alterados, além da localização, como tetos baixos, colunas em más situações ou uma distribuição incorreta.

Humidades. Existem problemas estruturais que podem afetar a operação. Ter mofo ou humidade na casa pode reverter a venda.

Manutenção ou problemas estruturais. Uma casa negligenciada em termos de reparos que nunca foram reformados pode perder muito valor no mercado.

Decoração desatualizada. Uma casa mal decorada pode perder o poder de atração no mercado, especialmente em cozinhas e casas de banho. O proprietário deve ter em mente que deve colocar a casa à venda como um produto comercial. “Ajustar os pequenos detalhes de uma casa, mesmo que seja preciso investir em algumas atualizações, pode realmente aumentar o valor de uma casa”. Para isso pode, por exemplo, recorrer ao home staging.

Uma casa desarrumada. É preciso colocar a casa no palco para vendê-la. Quando se trata de mostrar a casa ou fazer fotografias, não pode haver roupas no chão ou outros elementos desorganizados. É um trabalho de ordem e organização, como qualquer outro.

Vendedores que não cooperam. Se o proprietário da casa contrata um agente imobiliário, mas este não ajuda no processo de venda, pode ser um obstáculo ao sucesso da operação. "Tornar difícil o trabalho de mostrar propriedades pode fazer com que a venda falhe."