Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Palacete dos Condes de Caria em Lisboa convertido em habitação de luxo - vai custar 12,7 milhões

A promotora também vai construir um condomínio de privado com 53 apartamentos na baía do Seixal.

Google Maps
Google Maps
Autor: Redação

O Palacete dos Condes de Caria, em Lisboa, vai dar lugar a 14 apartamentos de luxo. O imóvel está devoluto há já alguns anos, e vai ser reabilitado pela Lx Capital, num investimento estimado de 12,7 milhões de euros. A promotora tem mais projetos em vista, nomeadamente a construção de um condomínio privado com 53 apartamentos na Colina do Outeiro, na baía do Seixal.

O palacete em causa data do século XVIII, e está integrado na Quinta das Laranjeiras, em Sete Rios, tendo pertencido aos condes de Caria, segundo conta o Expresso. Os trabalhos de reabilitação estão prestes a arrancar, segundo as declarações de Jorge Grade Mendes, sócio­gestor da Lx Capital, à mesma publicação.

“O projeto prevê 2700 metros quadrados de área bruta privativa (ABP) e um investimento de 12,7 milhões. Estimamos que as vendas alcancem 17,2 milhões. A demolição dos interiores começa em março”, adiantou o também ex-presidente da Opway Engenharia e ex­vice­presidente da Soares da Costa.

Os apartamentos, de tipologia T2 a T4, deverão ser vendidos diretamente sem a participação de mediadores.

Condomínio no Seixal para jovens

Outros dos projetos da Lx Capital passa pela construção de um empreendimento com 53 apartamentos na Colina do Outeiro, na baía do Seixal. As obras deverão fica concluídas em dezembro de 2021, num investimento total estimado em 18,5 milhões. O projeto Colina do Outeiro prevê 5700 m2 de ABP, distribuídos por tipologias T2 e T3, e mais 2900 m2 de serviços.

“Devido à localização, privilegiámos as varandas e as tipologias. Orientámos a oferta para um público jovem, não só português mas também estrangeiro — há muitos franceses a investir na zona —, que procure casa ou mudar-­se de Lisboa”, adiantou Grade Mendes ao mesmo jornal.