Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Maia vai ter novo edifício residencial com 25 apartamentos: preços começam nos 120 mil euros

Obras programadas para arrancar em setembro, de forma a que empreendimento esteja pronto a habitar em junho de 2022.

Novo empreendimento na região norte do país / Maia Design
Novo empreendimento na região norte do país / Maia Design
Autor: Redação

Vai nascer na cidade da Maia, no grande Porto, um edifício exclusivamente habitacional, com 25 apartamentos, distribuídos por cinco pisos, de tipologias T1 a T4. O imóvel, designado Maia Design, deverá estar pronto a habitar em junho de 2022 e os preços começam nos 120 mil euros. As obras no empreendimento deverão arrancar em setembro de 2020.

Projetado pelo gabinete de arquitetura HMVN para a construtora Adopthouse, o imóvel fica localizado junto à rotunda do Centro Comercial Continente Maia Jardim, na Avenida do Eng. José Afonso Moreira de Figueiredo, e é o segundo grande empreendimento comercializado pela agência Medium na cidade. Além da proximidade em relação aos principais serviços públicos da Maia, assim como à rede de transportes da Área Metropolitana do Porto, o Maia Design estará a cerca de 200 metros de uma zona comercial com hipermercado e diversas lojas de conveniência.

A empreitada deverá começar em setembro de 2020 e ficar concluída em junho de 2022. As vendas arrancam ainda em planta, “o que proporciona vantagens para os clientes na escolha dos materiais desejados e na adaptação de cada apartamento às suas necessidades”, segundo se pode ler no comunicado enviado às redações. “Com preços a partir de 120 mil euros (no caso dos apartamentos T1), o Maia Design apresenta soluções de habitação multifamiliares numa zona central da Maia que está em fase de consolidação urbana”, acrescenta ainda.

“O Maia Design é uma homenagem ao design e ao bom gosto. O design é mesmo o elemento mais distintivo deste projeto, tanto no exterior como no interior, nomeadamente, na fachada sul, na entrada do edifício, nas cozinhas e nos WC, explica ainda Pedro Fernandes, diretor comercial da Medium, agência imobiliária que tem escritórios na Maia desde 2015 e que é a responsável pela comercialização exclusiva do imóvel.