Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Antiga faculdade Moderna convertida em habitação coletiva e unifamiliar: assim será o Bom Sucesso

Um empreendimento composto por quatro edifícios históricos que irá dar lugar a casas de luxo junto ao Rio Tejo, em Lisboa. Investimento ronda os 27 milhões.

Junto ao Rio Tejo, em Lisboa / Vogue Homes
Junto ao Rio Tejo, em Lisboa / Vogue Homes
Autor: Redação

É junto ao Rio Tejo, em Lisboa, na antiga faculdade Moderna, que está a nascer o Bom Sucesso. Um empreendimento premium composto por quatro edifícios históricos, de traça industrial, que estão a ser reabilitados para dar lugar a 47 unidades de habitação coletiva e unifamiliar. O projeto, promovido pela Vogue-Homes, vai custar 27 milhões de euros.

Com uma área total de 11 mil metros quadrados (m2), este empreendimento contará com pátios, terraços e jardins, dispondo de diversas tipologias, destacando-se um T4 duplex com 302 m2. Com a assinatura do gabinete de arquitetura Miguel Saraiva Associados, o Bom Sucesso, propõe duas modalidades de habitação, distribuídas por dois edifícios dedicados a habitação unifamiliar e outros dois edifícios destinados a habitação coletiva.

“Além da proximidade com o rio, estes quatro edifícios são indissociáveis da história industrial, marcada através das suas fachadas, o que contribui para um potencial diferenciador deste empreendimento”, explica Joaquim Silva Lico, CEO da Vogue-Homes, citado em comunicado. O responsável acrescenta ainda que “a empresa vai continuar a procurar novos desafios que deem continuidade ao posicionamento neste nicho de mercado, no caminho da consolidação da marca como uma referência indissociável na edificação de prédios diferenciadores e de qualidade”.

ARTsolutions “ilumina” Vogue-Homes em Belém

A traça arquitetónica dos quatro edifícios vai ser valorizada e “embelezada” pela ARTsolutions, através do design de iluminação no exterior, bem como no interior destes espaços habitacionais. O objetivo é simples: realçar-se nas imediações do Centro Cultural de Belém.

ARTsolutions
ARTsolutions

“O nosso objetivo é provocar emoções através da iluminação, melhorar o conforto no espaço e contribuir para a dinamização das vendas, da manutenção e dos custos do investimento”, refere Tiago G. Costa, CEO da ARTsolutions, que faz questão de acrescentar ainda que a empresa "dispõe da melhor conjugação dos vários tipos de iluminação, técnica e decorativa de interior, bem como de exterior, acompanhando as tendências da arquitetura". "Tudo isto sempre aliado à necessidade e exigências dos clientes”, conta.