Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Como criar um bom anúncio para vender uma casa na internet

Sabias que 92% dos compradores utilizam a internet para procurar casa? Criar um bom anúncio fará toda a diferença para fechar um bom negócio.

Autor: Redação

Um dos segredos para vender uma casa na internet é promover a venda de forma eficaz e criar um bom anúncio para que a venda da casa seja um sucesso é crucial. O marketing digital permite aproximar o imóvel dos compradores através de anúncios, mediante a descrição escrita e do olhar por dentro do imóvel, com fotografias e vídeos profissionais, bem como detalhes sobre a sua localização, distribuição, estado e preço.

O primeiro aspeto a ter em consideração ao preparar um anúncio para venda é certificares-te de que o anúncio destaca as características especiais que tornam aquela casa única. Uma piscina, uma banheira de hidromassagem ou uma lareira, por exemplo, são aspetos que podem aumentar o valor do teu anúncio e levar a pessoa que está a vê-lo a querer visitar a casa ou até a imaginar-se a viver lá, tal como se explica neste artigo da autoria de Ana Palacios, workshop manager idealista.

Tirar boas fotografias. As fotografias são uma das primeiras coisas que os compradores procuram para começar a formar uma opinião sobre a casa. São ferramentas fundamentais para que as tuas propriedades se destaquem do resto dos anúncios, aumentem o teu valor como profissional e os contactos com base no número de imagens que publicas por anúncio. Desde o idealista recomendamos que coloques entre 25/30 fotos por imóvel, mostrando todas as divisões possíveis, bem como as plantas da casa, zonas comuns, garagem, arrecadação e envolvência.

Para conseguires boas imagens das divisões e alguns detalhes gerais, aconselhamos-te a preparar a iluminação, acendendo todas as luzes da casa, cuidando do enquadramento, e utilizando um tripé fixo ou panorâmico sempre que possível para colocar a câmera ou o telemóvel.

Existem algumas ferramentas e aplicações gratuitas que podem ajudar-te a criar e editar fotos com padrões profissionais. Vê, por exemplo, como editar fotos com o snapseed e descobre como fazer com que as tuas fotos tenham resultados espetaculares. Lembra-te que estás a vender luz e espaço.

Os vídeos são outra peça importante para os teus anúncios. 80% do tráfego da internet é de vídeo, portanto, se o teu anúncio incluir um vídeo, é muito provável que gere +200% de cliques que outro anúncio que tem apenas fotos. Aconselhamos-te, por isso, a gravar vídeos das tuas propriedades que não excedam,um minuto e meio de duração e que tenham, pelo menos, 30 segundos. O motivo é simples: um vídeo longo pode ser pesado e até cansar o teu público, enquanto que, com um vídeo muito curto, provavelmente não conseguirás mostrar todas as informações sobre a casa.

Aplicações de vídeo como Magisto, Inshot, Filmorago ou Imovie, podem ajudar-te a criar e editar vídeos das tuas propriedades com muita facilidade e conseguir resultados bastante interessantes.

No idealista, apenas 15% dos anúncios possuem plantas. Está comprovado que os anúncios que incluem uma planta têm mais contactos e obtêm um melhor posicionamento natural do que os anúncios que não têm. Existem muitas aplicações para iPhone e Android com os quais podes criar plantas básicas como MagicPlan, Floorplanner ou Room Planner.

Outra ferramenta que podes incluir nos teus anúncios é a tecnologia 2d/3d e fazer um 'tour' virtual ou matterport da casa. Ao longo destes meses de confinamento, com restrições à mobilidade e distanciamento social, este tipo de tecnologia tornou-se na maior experiência imersiva para clientes compradores, permitindo o acesso à casa 24 horas por dia, de qualquer lugar do mundo para comprar e visitar a casa sem ter que se deslocar fisicamente a ela.

Um anúncio idealista com tecnologia virtual, hoje em dia consegue melhor posicionamento do que anúncios que só têm fotos ou vídeos, aumenta a visibilidade e também as oportunidades de contacto. De acordo com a matterport, incorporar este tipo de tecnologia na tua estratégia de marketing pode aumentar as vendas até 9%.

O outro aspeto a ter em conta quando se trata de anunciar uma casa à venda são as descrições. O valor de algo é o valor que tu lhe atribuis. O importante não é o que dizes, mas como dizes. Portanto, para que teu anúncio atraia a atenção do comprador, temos que fazer o comprador imaginar como seria viver ali através da descrição do anúncio.

Quanto mais completa e atraente for a descrição do imóvel, maiores serão as oportunidades de atrair a atenção de potenciais compradores. Existem ferramentas de marketing, como storytelling ou copywriting, que ensinam como escrever anúncios que vendem. As pessoas não compram produtos ou serviços, compram emoções, portanto temos de vender os benefícios da casa, e não apenas as características do imóvel.

De nada serve esconder ou ocultar aspetos importantes e relevantes da casa. Caso não possua varanda ou garagem, indica isso mesmo no anúncio. Procura usar uma linguagem clara, próxima e o mais transparente possível no teu anúncio, evitando perda de tempo com consultas e visitas desnecessárias. A ideia é dizer ao comprador o que ele pode fazer com aquele apartamento que estás a vender

Ter bons comentários, fotografias de qualidade e tecnologia multimédia oferecerá ao comprador o máximo de informações possível. Quanto mais informações um comprador tiver sobre a casa, mais fácil será para ele tomar uma decisão, mais bem-sucedido será o teu anúncio, e consequentemente melhor negócio vais fechar.

Dedicar tempo significa que te preocupas. Assim, se desejares criar um bom anúncio para vender uma casa na internet, terás de dedicar-lhe um pouco de tempo.