Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Onde é mais caro e barato arrendar casa em Lisboa e Porto?

Santo António (13,83 €/m2), na capital, e União de freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde (9,50 €/m2), na Invicta, são as mais caras.

Imagem de teojab por Pixabay
Imagem de teojab por Pixabay
Autor: Redação

O preço pedido pelos senhorios aos inquilinos pela renda da casa continua a subir em Portugal em tempos de pandemia da Covid-19, embora a um ritmo mais lento que o verificado nos últimos meses. Quanto custa, afinal, arrendar uma casa nas duas principais cidades do país? Em Lisboa, os preços mais elevados superam os 13 euros por metro quadrado (€/m2), bem mais que os 5,61 €/m2 registados a nível nacional. Já no Porto, arrendar uma habitação chega a custar 9,50 €/m2. Fica a saber onde é mais caro e barato arrendar casa na capital e na Invicta. 

“No segundo semestre de 2020 (últimos 12 meses), duas das 24 freguesias de Lisboa registaram valores medianos de novos contratos de arrendamento de habitação superiores a 13 €/m2: Santo António (13,83 €/m2) e Misericórdia (13,40 €/m2). Por outro lado, Santa Clara (7,95 €/m2), Marvila (10,00 €/m2) e Lumiar (10,24 €/m2) apresentaram os valores mais baixos. Nesse período, 22 das 24 freguesias de Lisboa registaram taxas de variação homóloga negativas, sendo as freguesias da Penha de França (+5,0%) e Beato (+3,5%) as exceções”, lê-se no boletim publicado esta segunda-feira (29 de março de 2021) pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Freguesias de Lisboa Valor mediano (€) por m2 no 2º semestre Variação homóloga (%)
Lisboa (município) 11,46 -4,2
Ajuda 11,70 -6,4
Alcântara 10,98 -6,6
Alvalade 11,10 -5,5
Areeiro 10,91 -2,6
Arroios 10,94 -3,1
Avenidas Novas 11,85 -9,1
Beato 10,64 3,5
Belém 11,21 -7,2
Benfica 10,83 -2,8
Campo de Ourique 12,03 -13,9
Campolide 12,10 -3,2
Carnide 11,54 -8,3
Estrela 12,17 -13,1
Lumiar 10,24 -8,1
Marvila 10 -7,9
Misericórdia 13,40 -7,5
Olivais 10,81 -1,9
Parque das Nações 12,93 -4,6
Penha de França 11,11 5
Santa Clara 7,95 -9,1
Santa Maria Maior 12,92 -7,1
Santo António 13,83 -2,9
São Domingos de Benfica 11,57 -1,9
São Vicente 11,76 -5,9

Segundo o INE, as freguesias de Santo António, Campolide e São Domingos de Benfica registaram rendas acima do município de Lisboa (11,46 €/m2) e taxas de variação, face ao período homólogo, maiores que a verificada no município de Lisboa (-4,2%).

“As freguesias de Santa Clara, Marvila, Lumiar, Alcântara, Alvalade e Belém registaram, no segundo semestre de 2020, valores de arrendamento e taxas de variação face ao período homólogo inferiores aos do município de Lisboa. No segundo semestre de 2020 (últimos 12 meses), tal como no trimestre anterior, Arroios registou o maior número de novos contratos de arrendamento (704 contratos celebrados) e Marvila o menor (57)”, indica o INE.

Porto à lupa

Relativamente ao Porto, a União de freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde registou o valor de rendas de novos contratos mais elevado (9,50 €/m2), entre as sete freguesias do município.

“Paranhos registou um valor (8,48 €/m2) abaixo do valor do município do Porto (8,83 €/m2) e uma taxa de variação homóloga (-3,7%) inferior à do Porto (-1,5%). Tal como no semestre anterior, a freguesia de Campanhã registou, simultaneamente, a maior taxa de variação homóloga (+4,4%) e a menor renda mediana (7,54 €/m2) no município do Porto. A União de freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde (9,50 €/m2) e a União de freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória (9,40 €/m2) apresentaram, simultaneamente, um valor mediano de rendas acima do valor do município do Porto (8,83 €/m2) e uma taxa de variação homóloga (-4,9% e -2,9%, respetivamente) inferior à verificada no Porto (-1,5%)”, conclui o INE.

Freguesias do Porto Valor mediano (€) por m2 no 2º semestre Variação homóloga (%)
Porto (município) 8,83 -,15
Bonfim 9 0,9
Campanhã 7,54 4,4
Paranhos 8,48 -3,7
Ramalde 8,09 3,5
União das freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde 9,50 -4,9
União das freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória 9,40 -2,9
União das freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos 9,33 -1,2

De referir, ainda, que Bonfim e União de freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos destacaram-se por apresentarem rendas medianas e taxas de variação homóloga superiores ao verificado na cidade do Porto.

No que diz respeito ao número de contratos celebrados nas freguesias do município do Porto no segundo semestre do ano passado (últimos 12 meses), variou entre 1.016 na freguesia de Paranhos e 210 na União das freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde.