Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

InTempo, o arranha-céus residencial mais alto da UE: assim são as (últimas) casas à venda

No empreendimento em Benidorm, as mais unidades mais exclusivas situam-se nos pisos superiores e custam entre 1,2 e 1,8 milhões.

Assim são casas à venda no InTempo, o arranha-céus residencial mais alto da UE
Autor: Redação

O edifício InTempo em Benidorm, um dos símbolos da bolha imobiliária em Espanha, foi finalmente inaugurado no mês passado, depois de longos anos de avanços e recuos. E ainda há casas à venda naquele que é atualmente o arranha-céus residencial mais alto de toda a União Europeia (UE). Com 47 andares e 198 metros de altura, o edifício mais famoso do “horizonte” da cidade de Alicante demorou 14 anos para ser concluído e ainda tem casas disponíveis dentro dos 256 que inclui no total .

Segundo o anúncio no idealista, a unidade mais barata à venda custa 263.000 euros (incluindo o lugar de garagem), tem 75 metros quadrados (m2), dois quartos e um terraço, e está localizada no quinto andar. Também encontramos preços intermédios para casas com dois quartos e com cerca de 75-90 m2 por cerca de 400.000 euros, localizados no 25º andar do arranha-céus.

A unidade mais cara tem 215 m2, três quartos e um terraço, situa-se no 44º andar e custa quase nove vezes mais: está à venda por 1,79 milhões de euros. É precisamente nos últimos andares da propriedade que se encontra o famoso diamante e onde se situam os imóveis mais exclusivos.

Também acima de um milhão de euros existe uma casa com três quartos e 156 m2 situada no 38º andar, com um preço de 1.245 milhões de euros (inclui terraço e garagem), bem como uma casa de três quartos e 165 m2 no 42º andar, que está à venda por 1.495 milhões de euros (tem também garagem e terraço).

Desde o final de 2017, o proprietário do conhecido edifício é o fundo SVP Global, que decidiu renovar o interior para adaptá-lo à atual procura residencial. O projeto de reabilitação iniciado em novembro de 2019 foi desenvolvido pela promotora Uniq Residential e pela construtora Dragados.

O InTempo, para além de ter 256 habitações, dispõe de 13.000 m2 de espaços comuns, incluindo três piscinas (uma delas 750 m2), zona infantil de 1.000 m2, um restaurante (só para uso dos proprietários e arrendatários) com 1.200 m2 de esplanada e uma área ‘welness’ no último andar com piscina infinita. Conta ainda com ginásio, sala de 'fitness', salas de massagens, sauna, vários 'jacuzzis' e miradouros excecionais para contemplar o Mediterrâneo e a zona montanhosa que abriga a cidade. Além disso, os proprietários e inquilinos também têm acesso a serviços extras, como fisioterapeuta, personal trainer, transporte do aeroporto ou serviços de gestão de arrendamento.

A promotora Uniq Residecial explica que o luxo e a particularidade deste grande edifício têm atraído muitos clientes estrangeiros, como russos, nórdicos, franceses ou alemães, mas também espanhóis. Desde o início do processo de venda daa casas, foram identificados três: o de um morador, que usaria o apartamento nos períodos de férias; o de investidor, que tem por objetivo obter um benefício económico pela rentabilidade do arrendamento, e o misto, para usufruto próprio durante parte do ano e outros meses para arrendá-lo.

Assim é o interior de algumas das casas mais acessíveis e exclusivas que estão no mercado, e algumas das áreas comuns mais destacadas do edifício: