Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Cobrança de IMI

Últimas notícias sobre "Cobrança de IMI" publicadas em idealista.pt/news

IMI: portugueses pagaram 95 milhões a mais nos últimos cinco anos

Os consumidores podem estar a pagar mais IMI do que deveriam. O alerta é da Deco, que detetou cerca de 95 milhões de euros cobrados indevidamente desde que o simulador "Pague Menos IMI" foi criado, há cinco anos.

Notícia sobre:

Quem melhorar a eficiência energética das casas em Lisboa terá descontos no IMI

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai dar benefícios fiscais a quem aumentar a eficiência energética de prédios ou frações urbanas através da reabilitação. Quem o fizer verá o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) ser reduzido. A receita com este imposto deverá render às autarquias 1,54 mil milhões de euros este ano: trata-se do maior encaixe de sempre.

Notícia sobre:

IMI: primeira prestação terá de ser paga até dia 30 de abril. Explicamos-te tudo sobre este imposto

Esta é uma das grandes “dores de cabeça” dos proprietários. O IMI é pago anualmente a partir de abril, ou seja, o pagamento da primeira prestação deste imposto, relativo ao ano anterior, deverá ser realizado até final de abril. Se o valor for inferior a 250 euros só o podes liquidar este mês, se variar entre 250 e 500 euros o pagamento é feito em duas prestações (em abril e novembro) e se for superior a 500 euros o IMI pode ser pago em três tranches (abril, julho e novembro).

Notícia sobre:

IMI só aumenta em três autarquias em 2016

A maioria das autarquias do país vai manter em 2016 as mesmas taxas de IMI cobradas este ano. Em números, as taxas de IMI a cobrar em 2016, por referência a 2015, vão manter-se iguais em 84% dos municípios, o equivalente a 259 das 308 câmaras de Portugal continental e ilhas. Houve ainda 46 municípios que decidiram descer a taxa e só três (1%) subiram: Aveiro, Felgueiras e Mourão.

Notícia sobre:

IMI: quase 20% do valor fiscal dos imóveis ficou isento em 2014

Quase 20% do Valor Patrimonial Tributário (VPT) dos imóveis urbanos ficou isento de pagar Imposto Municipal de Imóveis (IMI), segundo dados divulgados pela Autoridade Tributária e Aduaneira esta semana relativos a 2014. Ao todo, mais de 100.000 milhões de euros de património urbano ficaram isentos, o que equivale a 19,5% do valor fiscal destes prédios.

Notícia sobre:

Radiografia do dia: Quanto vais pagar de IMI em 2015?

A maioria das autarquias (86%) optou por manter inalterada a taxa de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) que vai ser cobrado em 2015. Como podes ver nesta simulação, um proprietário de uma casa no Porto pagará mais IMI que um dono de um imóvel em Lisboa.

Notícia sobre:

IMI: Finanças cobram 244 milhões de euros a mais

A maioria dos portugueses está a pagar mais Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) do que devia. Segundo cálculos da Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, as Finanças cobraram no ano passado 244 milhões de euros em IMI a mais. Em causa está o facto de a idade e valor de construção dos imóveis não serem revistos de forma automática.

Notícia sobre:

IMI: criada petição para manter isenção nos centros históricos classificados

A Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património e o Movimento de Defesa do Centro Histórico de Évora lançaram uma petição online que visa manter a isenção do IMI nos centros históricos classificados património da humanidade. O objetivo desta petição, alojada no sítio Petição Pública desde terça-feira, é levar o assunto ao plenário da Assembleia da República.

Notícia sobre:

Autarcas apelam a Cavaco para repor isenção de IMI nos centros históricos

Os autarcas de Guimarães, Évora e Porto – Domingos Bragança, Carlos Sousa e Rui Moreira, respetivamente – vão apelar ao Presidente da República e à Assembleia da Republica para que seja reposta a isenção de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) nos centros históricos classificados pela UNESCO, por considerarem “abusiva” a cobrança do imposto.

Notícia sobre:

IMI pode ficar 20% mais barato em Lisboa

A Associação Lisbonense de Proprietários (ALP) alertou os senhorios para o facto de poderem ter uma redução de 20% no Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), na sequência de uma decisão da Câmara Municipal de Lisboa. Segundo a entidade, todos os proprietários de casas, trata-se de um “benefício” que está a ser concedido pela autarquia desde novembro do ano passado.

Notícia sobre: