Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Investimento imobiliário

Últimas notícias sobre "Investimento imobiliário" publicadas em idealista.pt/news

Igreja dos Inglesinhos convertida em habitação – foi comprada por 1,5 milhões

A Igreja de São Pedro e São Paulo, que é conhecida como Igreja dos Inglesinhos – está inserida no condomínio de luxo Convento dos Inglesinhos, no Bairro Alto, em Lisboa –, foi comprada por um investidor francês que pretende reconvertê-la para fins residenciais e ficar com o imóvel para “seu património particular”. Em causa está um negócio avaliado em 1,5 milhões de euros.

Notícia sobre:

Mondego Capital Partners promete mais investimento imobiliário em 2021

Depois de, em julho, adquirir por 20 milhões de euros dois edifícios na Baixa-Chiado, Lisboa, que pretende destinar ao setor turístico, a Mondego Capital Partners fechou 2020 com a compra de um conjunto de imóveis novamente na capital, por 45 milhões de euros. Localizados no Chiado, Baixa e Marquês de Pombal, desta vez, o objetivo é desenvolver habitação de luxo. Para este ano, a promotora promete mais investimento no imobiliário nacional, juntando-se assim a outras empresas que têm vindo a anunciar novos projetos, num sinal de resistência à crise da pandemia.

Notícia sobre:

Imobiliário em 2021: maior dinamismo à boleia da vacina

Como será e/ou vai reagir o mercado imobiliário em 2021? Para Eric van Leuven, diretor-geral da consultora Cushman & Wakefield (C&W) em Portugal, as perspetivas para 2021 “são moderadamente otimistas, embora dependentes da eficácia da vacinação e subsequente controlo da pandemia, e distintas entre os diferentes setores imobiliários”. Segundo o responsável, acompanhando uma tendência europeia reforçada no ano passado, “o segmento de residencial para arrendamento (ou PRS - private rented sector) irá dinamizar o mercado, não só do ponto de vista do utilizador final, mas também enquanto produto de investimento, sendo já muitos os promotores e investidores que se estão a posicionar para concretizar projetos nesta área”.

Notícia sobre:

Imobiliário “dá luta” à pandemia: investidos 24 mil milhões de euros na compra de casa em 2020

O setor imobiliário português está a “dar luta” à pandemia da Covid-19. Os números revelados pela JLL mostram isso mesmo, comprovando que o setor está resiliente à crise pandémica. “O mercado manteve um volume de transações elevado, estimando-se 2,6 mil milhões de euros investidos em imobiliário comercial e outros 24 mil milhões de euros em compra de habitação”, revela a consultora, frisando que, em ambos os casos, trata-se do terceiro melhor ano de sempre do mercado: em 2019 foram transacionados 3,240 mil milhões de euros em imobiliário comercial e 25,1 mil milhões de euros em residencial e no ano anterior 3,356 mil milhões de euros em imobiliário comercial e 24,1 mil milhões de euros em residencial.

Notícia sobre:

Agravamento do IMI e IMT afasta investidores e congela projetos imobiliários

O agravamento do IMI e IMT resultante das alterações à tributação contidas no Orçamento de Estado – e que não distinguem os paraísos fiscais –, estará a afastar os investidores de Portugal e a congelar alguns projetos imobiliários previstos para este ano. A decisão, recorde-se, afeta todos os setores onde estejam investidores institucionais e que tenham património imobiliário, incluindo sedes, armázens, fábricas, ou até parques eólicos e solares.

Notícia sobre:
Ilustração por ECARTFIXE Via TOTE SER

Algarve terá um mega condomínio ‘anti-aging’ e bem-estar de luxo – investimento de 250 milhões

Vai nascer no Algarve o primeiro mega condomínio ‘anti-aging’ e bem-estar de luxo da Europa. A localização em concreto do South Valley, como se chama o empreendimento, permanece “confidencial”, revela ao idealista/news Miguel Real, marketing specialist da TOTE SER, empresa portuguesa responsável pela gestão do projeto, adiantando que o investimento necessário para o fazer nascer – abrange um terreno com 126 hectares – ronda os 250 milhões de euros.

Notícia sobre:

Edifício de escritórios Castilho 50 “renasce” para responder “aos níveis de exigência do mercado”

A Finangeste, empresa que investe em portfólios imobiliários e NPL’s (créditos em incumprimento), inaugurou um novo edifício de escritórios em Lisboa, o Castilho 50, localizado na Rua Castilho, no coração da capital. Trata-se de um imóvel que foi alvo de obras de reabilitação urbana – envolveram 350 postos de trabalho – e que tem uma galeria comercial no rés do chão, dez pisos de escritórios e 92 lugares de parqueamento. 

Notícia sobre:

”Este não é o momento certo para o fim” dos vistos gold, dizem promotores imobiliários

”Este não é o momento certo para o fim” dos vistos gold, considera a Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII), depois do Governo ter determinado o seu fim no Porto, Lisboa e zonas do litoral de Portugal. Uma decisão que “causa um dano reputacional a Portugal”, acrescenta. 

Notícia sobre: