Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mercado imobiliário

Notícias relacionadas com o mercado imobiliário, a sua evolução e oferta. Com destaque para Portugal, inclui informações sobre o mercado imobiliário de Lisboa, Algarve, Porto, mas também de países como Angola ou Brasil.

Como vender uma casa em Portugal a estrangeiros

O processo de compra e venda de um imóvel sito em Portugal quando o comprador é estrangeiro é, em quase tudo, semelhante aquele que teria lugar caso o comprador fosse um cidadão nacional. Contudo, existem algumas particularidades que importa ter em conta para que o processo de compra e venda corra de forma célere e sem percalços. Analisamos tudo sobre este assunto com fundamento jurídico.

Notícia sobre:
Cristina Macia por Pixabay

Rx 2020: imobiliário resiliente e animado a fechar o ano "horribilis" da pandemia

Num ano marcado por uma inesperada crise pandémica, que deixou marcas em todo o mundo, incerteza foi – e continua a ser – palavra de ordem. O setor imobiliário, como não podia deixar de ser, também sentiu os danos colaterais deixados pela passagem da Covid-19, mas mostrou-se resiliente. A construção não parou e os preços das casas, depois de vários anos a subir em flecha, estarão a desacelerar. Também o Alojamento Local e os vistos gold, que têm estado no olho do furacão ano após ano, voltaram a dar que falar em 2020.

Notícia sobre:

Tudo o que é preciso para vender uma casa em Portugal

Vender uma casa em Portugal é um processo que poderá, em muitos casos, revestir-se de alguma complexidade (documentação disponível, proprietários, registos efetuados junto da conservatória do registo predial, etc). Para ajudar, esclarecemos sobre alguns dos passos e documentos que serão necessários para todos aqueles que tenham interesse em vender um imóvel localizado em algum ponto do país. Um guia com tudo o que é preciso para vender uma casa em Portugal, com fundamento jurídico.

Notícia sobre:

Impacto da pandemia no imobiliário: resultados diferentes nos vários segmentos

O ano de 2020 foi muito desafiante para o imobiliário, devido à pandemia da Covid-19, mas o balanço, feito pelos responsáveis de algumas empresas a atuar neste mercado, mostra que o impacto foi diferente nos vários segmentos de negócio. A forte quebra registada na atividade da hotelaria e no Alojamento Local, contrasta com a manutenção ou, mesmo, com o crescimento da atividade na construção e nas vendas de habitação.

Notícia sobre:

Valor dos ativos imobiliários em Portugal deve voltar a “níveis pré-Covid ou até superiores”

A avaliação de ativos imobiliários vinha de um período dourado, com anos de performance “excecional do mercado imobiliário português, tanto do lado do imobiliário comercial, como do lado do mercado residencial e promoção/reabilitação urbana”, mas a pandemia interrompeu a “tendência sucessiva de subida” dos valores dos imóveis em Portugal, segundo a análise de Marta Lourenço, Head of Valuation Advisory da JLL. Ainda assim, o país deverá continuar a atrair capital que justifique que "os valores dos ativos voltem a níveis pré-covid ou até mesmo superiores”.

Notícia sobre:
Acompanhado do amigo e sócio, Nuno Garcia, o ex-jogador de futebol, Miguel Garcia à direita. / GPK

"Sem as moratórias, o mercado já teria sofrido uma quebra significativa no valor dos imóveis"

Habituado às glórias de um longo percurso desportivo ligado ao futebol profissional, Miguel Garcia, 37 anos, saltou para a ribalta pelo golo que meteu em Alkmaar, Holanda, que levou o Sporting à final da Liga Europa na época de 2004/2005. Entretanto, deu o pontapé de saída no mundo empresarial e é no imobiliário onde agora joga. Em entrevista ao idealista/news, o ex-jogador revela que, apesar da pandemia, "o ano de 2020 vai ser de crescimento para a Global Pro Kick Management & Consulting (GPK)" - empresa que fundou em 2017 com o amigo Nuno Garcia -, faz uma análise ao mercado imobiliário no atual contexto e deixa mensagens ao Governo no sentido de acautelar o final das moratórias e de manter os vistos gold.

Notícia sobre:

Quanto tempo se demora a vender uma casa em Portugal - mapa dos dados por distritos

Quando um proprietário decide vender uma casa deve saber quanto tempo poderá permanecer o imóvel no mercado até encontrar um interessado em comprar - esta mesma informação é também relevante para os agentes imobiliários e demais profissionais do setor. Sempre e agora, em plena crise pandémica, ainda mais. Em Portugal, o período de venda de casas ronda, atualmente, os cinco meses, tendo aumentado face ao terceiro trimestre de 2019 - quando se vivia em crescimento económico e sem o novo coronavírus. Há apenas um ano, em termos médios, contabilizava-se em pouco mais de quatro meses o tempo de um imóvel à venda no mercado nacional, segundo uma análise do idealista.

Notícia sobre:

Truques para vender uma casa rápido e bem: como pode o Feng Shui ajudar

Notícia sobre:

Preço das casas em Portugal vai cair no curto prazo, antecipa Bruxelas

Depois da escalada dos últimos anos, os preços da casas em Portugal começaram a desacelerar no segundo trimestre de 2020. E a expetativa da Comissão Europeia (CE) é que venham a cair mais, no curto prazo. Sem apontar estimativas em forma de número, Bruxelas antecipa uma tendência de baixa dos preços da habitação no mercado português, atribuindo "culpas" à pandemia, mas dizendo que também o reforço da oferta de nova construção residencial deverá contribuir para este fenómeno de ajustamento. Por outro lado, o relatório da 12ª missão de avaliação pós-programa de ajustamento económico destaca a resiliência que o setor imobiliário tem mostrado nesta crise.

Notícia sobre: