Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Mota-Engil

A Mota-Engil é um grupo que integra inúmeras empresas divididas por três áreas de negócio: Engenharia e Construção, Ambiente e Serviços e Concessões de Transportes.

Mota-Engil prevê carteira de encomendas superior a quatro mil milhões em 2014

O presidente da Comissão Executiva do grupo Mota-Engil, Gonçalo Moura Martins, revelou que 2013 foi “o melhor ano operacional de sempre” da empresa. “Temos muito orgulho, muito regozijo”, disse o responsável, em conferência de imprensa, salientando que a Mota-Engil consolidou-se “claramente com uma multinacional”. A construtora obteve, no ano passado, um lucro de 50,5 milhões de euros, mais 24% que em 2012.

Notícia sobre:

Mota-Engil elege novo Conselho de Administração a 30 de junho – terá menos 6 membros

Os acionistas da Mota-Engil vão votar, em assembleia-geral no dia 30 de junho, a proposta dos membros do Conselho de Administração, órgão que deverá passar a integrar 14 elementos, menos seis que atualmente, segundo comunicado ao mercado.

Notícia sobre:

Antigo Matadouro do Porto: já se prepara terreno para construir novos escritórios e espaços culturais

Já foi dado o primeiro passo daquele que é o processo de reconversão do antigo Matadouro Industrial de Campanhã, no Porto, que está nas mãos da construtura Mota-Engil. Trata-se da fase preparatória da obra, na qual se vão demolir as estruturas do edifício em “avançado estado de degradação”, segundo explica a Câmara Municipal do Porto. O novo edifício vai acolher espaços de usos vários como escritórios e espaços socioculturais.

Notícia sobre:

Mota-Engil ganha expansão de porto no Perú avaliada em 165 milhões de euros

A Mota-Engil ganhou a obra de expansão do Porto de Callao no Perú, através da sua subsidiária no país. A obra está avaliada em 200 milhões de dólares, cerca de 165,2 milhões de euros à taxa de câmbio em vigor.

Notícia sobre:

Entrada dos chineses da CCCC no capital da Mota-Engil aprovada por Bruxelas

A Direção-geral da Concorrência da União Europeia (UE) não vê obstáculos à compra de 30% do capital da Mota-Engil pelos chineses da China Communications Construction Company (CCCC). Além do regulador europeu, as autoridades brasileiras também já deram luz verde à operação, segundo o relatório e contas de 2020 da construtora portuguesa.

Notícia sobre:

Morreu Jorge Coelho: antigo ministro socialista e gestor de topo na Mota-Engil

Jorge Coelho, antigo ministro Adjunto, da Administração Interna e também do Equipamento Social, morreu esta quarta-feira (7 de abril de 2021) aos 66 anos. O ex-governante e atual vice-presidente do Conselho da Administração da construtora Mota-Engil, sofreu um ataque cardíaco quando estava numa casa que tinha na Figueira da Foz. 

Notícia sobre: