Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

União Europeia

Últimas notícias sobre "União Europeia" publicadas em idealista.pt/news

Nascem menos bebés na UE – Portugal contraria tendência

Nascem cada vez menos bebés na União Europeia (UE), tendo o ano de 2019 mantido essa tendência anual, com 4,17 milhões de nascimentos. Um cenário que não se verifica em Portugal, com o número de mães a dar à luz a aumentar desde, pelo menos, 2014. Em causa estão dados do Eurostat relativos à taxa de fertilidade na UE.

Notícia sobre:

Mais de 500 habitantes da UE pediram residência em Vila Nova de Gaia no ano passado

No ano passado, 541 pessoas provenientes de países que integram a União Europeia (UE), solicitaram registo em Vila Nova de Gaia. Na maior parte dos casos, tratou-se de jovens que vieram morar para o concelho por motivos profissionais, mas o concelho acolheu, também, famílias inteiras com idade média superior a 40 anos, com filhos – essencialmente italianos, com ascendência brasileira.

Notícia sobre:

Salários mínimos na UE em tempos de pandemia: Portugal a meio da tabela (776 euros brutos)

Em janeiro de 2021, ou seja, em plena pandemia da Covid-19, o salário mínimo bruto em vigor nos 21 Estados-membros da União Europeia (UE) variava, onde vigora, entre 332 euros, na Bulgária, e 2.202 euros, no Luxemburgo. Portugal surge em 12º lugar (776 euros). Em causa estão dados divulgados recentemente pelo Eurostat.

Notícia sobre:

Agricultura biológica conquista portugueses – e europeus

A procura de produtos alimentares de origem biológica tem aumentado um pouco por toda a Europa. E Portugal não é exceção. Em 2019, ou seja, no período pré-pandemia da Covid-19, a área orgânica no país correspondia a 8,2%, um valor ligeiramente inferior ao verificado na média dos países da União Europeia (UE): 8,5%. Em causa estão dados divulgados recentemente pelo Eurostat.

Notícia sobre:

Quanto gastam as famílias em comunicações? Portugal ligeiramente abaixo da média da UE

Em 2019, as famílias dos países da UE gastaram 175 mil milhões de euros em “comunicações”, o equivalente a 1,3% do PIB. Em causa estão, por exemplo, serviços postais, equipamento e serviços de telefone. Trata-se, segundo dados recentes do Eurostat, de uma despesa que representa 2,4% dos gastos totais de consumo das famílias. Em Portugal, estas despesas ficaram ligeiramente abaixo da média europeia (2,2%).

Notícia sobre:

Portugueses são dos europeus que têm menos trabalhadores a ganhar abaixo da média

Portugal era, em 2018, o segundo país da UE com a menor percentagem de trabalhadores a ganhar salários baixos. Segundo dados revelados recentemente pelo Eurostat, apenas 4% dos trabalhadores recebe dois terços ou menos do rendimento médio, um cenário que pode ser explicado com o facto do Salário Mínimo Nacional (SMN) estar a subir de forma mais acentuada que a média europeia.

Notícia sobre:

Despesas das famílias portuguesas com habitação, água, luz e gás representam 17,6% do orçamento

Em 2019, numa era pré-Covid-19, as famílias da União Europeia (UE) gastaram mais de 1.700 mil milhões de euros (12,3% do PIB da região) em “habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis”, segundo dados divulgados pelo Eurostat. A lista é liderada pela Finlândia, com 28,8% das despesas relacionadas com a casa e a sua gestão, enquanto Malta se encontra na cauda da tabela (12,3%). Em Portugal, estas despesas têm um peso de 17,6%, menos que na média da UE: 23,5%.

Notícia sobre:

PIB português cresceu 13,3% no terceiro trimestre, mais que na média da Zona Euro e da UE

O PIB português cresceu 13,3% no terceiro trimestre de 2020 face ao trimester anterior e recuou 5,7% em termos homólogos, ou seja, comparativamente com o mesmo período do ano passado. Em ambos os casos, os valores estão acima da média da Zona Euro e da União Europeia (UE), segundo dados divulgados esta terça-feira (8 de dezembro de 2020) pelo Eurostat.

Notícia sobre:

Peso dos impostos recua: Portugal foi o 10º país da Zona Euro onde a carga fiscal mais caiu

A carga fiscal em Portugal desceu duas décimas em 2019, para 36,8%, mais que na média dos países da União Europeia – recuou apenas uma décima, para 41,1%. Já na Zona Euro permaneceu estável, em 41,6%. Em causa estão dados revelados recentemente pelo Eurostat, que permitem concluir que Portugal foi o 10º país da Zona Euro onde a carga fiscal mais caiu.

Notícia sobre:

O mercado laboral no “mundo” do desporto e do ‘fitness’ na UE em tempos de Covid-19

No segundo trimestre de 2020, em plena pandemia da Covid-19, havia 801.700 pessoas com mais de 15 anos na União Europeia (UE) a trabalhar no setor do desporto e do ‘fitness’. Em Portugal eram mais de 200 trabalhadores por cada 100 mil habitantes, o que coloca o país ligeiramente acima da média da UE, segundo dados divulgados esta terça-feira (27 de outubro de 2020) pelo Eurostat.

Notícia sobre: