Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito à habitação: bancos recusaram 80% dos pedidos de ajuda

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Os bancos continuam a recusar a maior parte dos pedidos de acesso ao Regime Extraordinário do crédito à habitação. Na “Sinopse de Atividades de Supervisão Comportamental”, o Banco de Portugal (BdP) revela que no primeiro semestre “os clientes bancários apresentaram 270 requerimentos de acesso ao Regime Extraordinário junto de 20 instituições de crédito”, menos 32,7% que nos seis meses anterior. Desses, 217 foram rejeitados.

De acordo com o Dinheiro Vivo, que se apoia no documento, o facto de 80% dos pedidos de ajuda terem sido recusados deve-se sobretudo ao não cumprimento das das condições de acesso legalmente previstas. “O principal motivo invocado para o indeferimento dos requerimentos de acesso ao regime extraordinário foi o não preenchimento da condição relativa à redução significativa (igual ou superior a 35%), do rendimento anual bruto do agregado familiar (28,1%), da não entrega dos documentos necessários para efeitos de comprovação do preenchimento das condições de acesso (21,2%)”, lê-se no documento.