Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Crédito da casa aumenta mesmo em tempos de pandemia

O total de empréstimos para a compra de casa atingiu os 93.786 milhões de euros em agosto, revelam as estatísticas recentes do Banco de Portugal (BdP).

Photo by Marcel Strauß on Unsplash
Photo by Marcel Strauß on Unsplash
Autor: Redação

O 'stock' dos financiamentos para a compra de casa voltou a subir ligeiramente em agosto, mesmo em tempos de pandemia, e atingiu os 93.786 milhões de euros - em julho, este número cifrava-se nos 93.618 milhões. Os dados são do Banco de Portugal (BdP) e revelam que o 'stock’ total de empréstimos aos particulares aumentou para 119.519 milhões de euros no mês passado, face aos 119.176 milhões de euros de julho e aos 118.051 milhões de euros do mês homólogo - o valor mais elevado desde novembro de 2015.

No crédito ao consumo, o valor concedido em agosto era de 19.222 milhões de euros, acima de julho (19.058 milhões de euros) e do mês homólogo de 2019 (18.099 milhões de euros). Os empréstimos para outros fins totalizavam 6.511 milhões de euros em agosto, mais 10 milhões de euros do que em julho, mas abaixo dos 6.978 milhões de euros de agosto do ano passado, segundo escreve a Lusa.

Já o crédito malparado no crédito à habitação manteve-se em agosto nos 0,7%, o mesmo valor de julho e abaixo dos 1,3% do mesmo mês do ano passado. Já no crédito ao consumo e outros fins, o malparado representava 6,6% em agosto, abaixo quer dos 6,7% de julho, quer dos 7,5% de agosto de 2019.

Com base nos dados revelados pelo banco central nacional, conclui-se ainda que os depósitos de particulares nos bancos residentes diminuíram dos 159.210 mil milhões de euros no final de julho para 157.985 milhões de euros em agosto (148.180 milhões de euros em agosto de 2019).