Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Novo crédito à habitação em alta: bancos emprestaram 1.295 milhões em junho

Valor supera a fasquia dos mil milhões mensais desde março de 2021. Desde janeiro, bancos emprestaram 7.178 milhões de euros.

Novo crédito à habitação em alta: bancos emprestaram 1.295 milhões em junho
Foto de RODNAE Productions no Pexels
Autor: Redação

Os bancos continuam a mostrar disponibilidade para financiar a compra de casa em 2021. Em junho, o volume de novas operações de crédito à habitação totalizou 1.295 milhões de euros, menos que no mês anterior (1.314 milhões), mas mais que no período homólogo (833 milhões). Trata-se de um dos valores mais elevados dos últimos anos, segundo dados divulgados esta segunda-feira (2 de agosto de 2021) pelo Banco de Portugal (BdP).

“Em junho de 2021, os volumes de novas operações de empréstimos para habitação, consumo e outros fins totalizaram 1.295 milhões, 420 milhões e 223 milhões de euros, respetivamente”, lê-se no site do BdP.

De referir que o montante de novo crédito à habitação verificado em junho apenas é menor que o registado em maio (1.314 milhões) e março (1.382 milhões), sendo preciso recuar muitos anos, até abril de 2008, para encontrar um valor superior (1.299 milhões). E mais: desde março de 2021 que o valor concedido por mês supera a fasquia dos mil milhões de euros.

Em termos acumulados, ou seja, nos primeiros seis meses do ano, os bancos concederam 7.178 milhões de euros para a compra de casa, o valor mais elevado desde 2008. Para se ter uma ideia, no primeiro semestre de 2020 foram emprestados para este fim 5.342 milhões de euros.